ASTROFÓRUM
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Alcance observacional.

Ir em baixo

spica Alcance observacional.

Mensagem  Bruno Qui 03 Maio 2012, 00:05

Abaixo, apresentarei o que conseguiremos observar com cada um desses refratores acromáticos de diversas aberturas citados abaixo:

-Refrator ou luneta de 60mm de abertura: estrelas de até 10ª magnitude, e desdobramento de estrelas duplas de até 3".
Estudo topográfico e de detalhes da Lua, estudo das manchas solares e das fáculas por sistema de projeção ou com o uso de filtros solares, Mercúrio durante o dia e as suas fases, também as fases de Vênus, o anel de Saturno e a sua maior lua Titã, e quando em oposições favoráveis a calota polar em Marte (pequena) e as desigualdades na coloração no disco do planeta, e as suas fases quando estiver em quadratura (um pouco difícil).
O achatamento no globo de Jupiter e suas faixas equatoriais e as ocultações de suas luas serão visíveis, e em Saturno o seu anel e sua maior lua Titã também serão fácilmente visíveis, e até Urano, como um diminuto disco com aspecto planetário e esverdeado entre as estrelas.
Em objetos de céu profundo, a grande nebulosa de Orion, as Plêiades, as Hyadas, o cúmulo estelar de presépio, os cúmulos estelares do Cão Maior, vários no Escorpião, o aglomerado de Tucano, M13 em Hércules, a caixinha de jóias no Cruzeiro do sul, a estrala Kappa do cruzeiro, vários cúmulos estelares ao sul perto da constelação de vela, a dupla Alfa de centauro, Mizar-alcor em ursa maior, estrelas triplas em cassiopéia, estrelas variáveis, eclipses da Lua, ocultação de estrelas ou planetas pela Lua, a luz cinzenta (luz cinérea), eventuais cometas, a contemplação das belezas do céu, etc... . Aumentos de até 60x em objetos de céu profundo e aumentos de até 150x são requeridos em observações planetárias e lunar.

-Refrator ou luneta de 75mm /76.2mm de abertura: estrelas de até 11ª magnitude e desdobramentos de duplas de até 2". As mesmas observações anteriores mas melhoradas. Em Mercurio e Vênus dá para divisar as fases, em Marte as calotas polares e algumas manchas principais (syrtis magna, mare acidalum, sinus sabeus) quando em oposição, e fases do planeta quando estiver em quadratura.
Em jupiter alguns eventuais detalhes durante as oposições são registrados nas faixas equatoriais.
A observação de passagens, ou trânsitos das sombras das luas diante do disco do planeta podem serem registradas. Com 180x pontos sombrios mais ou menos definidos deslocam-se ao fundo como manchas sombrias ou claras nas faixas equatoriais.
Em Saturno, com 180x e em fase de maior abertura dos anéis a divisão de cassini pode ser visualizada.
Um maior número de estrelas duplas poderão serem resolvidas.
Urano se apresenta como um pequeno disco esverdeado a pelo menos 150x.

-Refrator ou luneta de 80mm de abertura: estrelas de até 11.5ª magnitude, desdobramento de duplas de até 1.5".
As mesmas observações anteriores porém melhoradas, particularidades na topografia lunar e nas manchas solares e nas penumbras, ranhuras lunares e alguns detalhes sobre os discos dos planetas. Aumentos da ordem de 200x são requeridos. Com um 80mm F/15 as observações planetárias começam a se tornarem atraentes.

-Refrator ou luneta de 100mm a 105mm de abertura: estrelas de até 12.5ª magnitude, desdobramento de duplas de até 1.1".
Detalhes nas penunbras das manchas solares e nos discos planetários, particularidades na topografia de marte quando em oposição, ranhuras e fendas lunares, detalhes nas raias brilhantes e dentro das crateras como picos e montanhas, e irregularidades nas bordas internas, detalhes frequentes nas faixas de Jupiter, observação das faixas temperadas e polares, observações dos cinturões das zonas mais claras, registros de coloridos inclusive nas luas, sombra das luas projetadas no globo do planeta durante a passagem delas diante do planeta, a grande mancha vermelha fácilmente identificável, manchas brancas ovais e manchas escuras irregulares são mais frequentemente registradas nas faixas equatoriais.
Em Saturno a divisão de cassini é inteiramente visível, uma ou duas faixas equatoriais, a sombra do globo nos anéis e dos anéis no globo, anel interior C, e na fase de maior abertura a divisão de Encke (nesse caso necessita-se de um F/15). De quatro a cinco luas são observadas. Aumentos da ordem de 250x ou mais são requeridos.
Urano apresenta-se como um disco esverdeado, e com 200x e um pouco de sorte, alguma minúscula mancha pode ser entrevista.
Netuno apresenta-se como um pequeno disco de aspecto planetário azulado.
Com um bom sistema de acompanhamento motorizado e numa montagem sólida e círculos graduados que proporcionem um tempo de exposição de umas duas horas pelo menos, e com um filme de grande sensibilidade, pode-se registrar o deslocamento do minúsculo plutão, que aparece como uma estrela de 13ª magnitude, comparando-se fotografias tiradas com intervalos entre uma a duas semanas.
Objetos de céu profundo são observados sem dificuldade com aumenos entre 30x e 100x.
Bruno
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 59

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum