ASTROFÓRUM
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Redutor focal.

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ir em baixo

spica Re: Redutor focal.

Mensagem  AlvaroMiranda Dom 06 Set 2015, 09:06

deco27x escreveu:Pessoal, o papo está interessante. Acho que vou me juntar a vocês.

Há observadores para os quais parece mais vantajoso usar grandes saídas de pupila para a maioria dos DSOs. Neste caso, um telescópio com razão focal longa só atrapalharia!

Para outros, as coisas parecem funcionar quase ao contrário! Estes apreciam observar a maioria dos DSOs com pequenas saídas de pupila, entre 2mm e 1mm tipicamente (até menor às vezes). Para um observador assim, qual o problema em usar um telescópio em f/12 ou f/15? Evidentemente poderiam haver alguns problemas com respeito ao máximo campo real, mas alguns observadores não veem problema nisso, afinal a maioria dos DSOs são menores que 1 grau....

.

deco27x, uma vez que você citou a pupila de saída, veja o link abaixo. Eu, inicialmente procuro durante a observação usar a maior pupila de saída que me forneça uma boa imagem e pelo que me parece estou fazendo o certo. Mas confira nesse artigo do link. Pelo que eu entendi em objetos tênues como galáxias e nebulosas se obtém mais "luminosidade" quanto maior for a saída de pupila, logicamente dentro da característica visual de cada indivíduo.

https://www.astronomics.com/eyepiece-exit-pupils_t.aspx

Abs
AlvaroMiranda
AlvaroMiranda
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 228
Data de inscrição : 24/07/2014
Idade : 62
Localização : Itu/SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Redutor focal.

Mensagem  deco27x Dom 06 Set 2015, 12:50

Olá colega AlvaroMiranda, interessante este pequeno artigo da astronomics. De fato quanto maior a saída de pupila, maior o brilho de superfície aparente do objeto, porém, o tamanho aparente fica menor e o brilho de fundo do céu (quando há PL) também fica mais intenso.

Cada observador precisa encontrar a saída de pupila que forneça o melhor equilíbrio entre o tamanho e brilho de superfície aparentes para cada objeto. A presença de PL e seeing ruim entram para tornar este balanço ainda mais complicado ( pois o seeing e a transparência do céu podem variar muito de uma noite para a outra).

Daí entram na conta o observador, o local de observação, o telescópio e as oculares!

São muitas variáveis. Quanto mais tenho contato com diferentes observadores, mais claro fica para mim que embora seja possível tentar dar orientações gerais, o ato de observar é uma descoberta pessoal. Apenas o próprio observador pode descobrir quais estratégias de observação funcionam melhor para si no seu local de observação, com seu telescópio. Mude um destes elementos e tudo precisa ser repensado!
deco27x
deco27x
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 930
Data de inscrição : 19/05/2012
Localização : Salvador - Ba

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Redutor focal.

Mensagem  AlvaroMiranda Seg 07 Set 2015, 09:32

deco27x, sim você tem razão em afirmar que quanto maior a pupila de saída menor fica o objeto observado porém com mais brilho e também o "pano de fundo" mais intenso e é exatamente dentro dessa condição que eu já faço uso de um filtro para diminuir a PL. Por outro lado quando se observa com uma saída de pupila menor perde-se o brilho, aumenta o objeto e melhora o "pano de fundo" Nesse ponto onde a pupila de saída é pequena é onde a abertura faz a grande diferença.
AlvaroMiranda
AlvaroMiranda
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 228
Data de inscrição : 24/07/2014
Idade : 62
Localização : Itu/SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Redutor focal.

Mensagem  deco27x Seg 07 Set 2015, 11:29

Não entendi muito bem a última afirmação colega, sobre a relação entre a pupila de saída pequena e a abertura.

Se refere ao benefício de uma maior abertura para a mesma pupila de saída, ou estou fazendo confusão?
deco27x
deco27x
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 930
Data de inscrição : 19/05/2012
Localização : Salvador - Ba

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Redutor focal.

Mensagem  AlvaroMiranda Seg 07 Set 2015, 15:16

deco27x escreveu:Não entendi muito bem a última afirmação colega, sobre a relação entre a pupila de saída pequena e a abertura.

Se refere ao benefício de uma maior abertura para a mesma pupila de saída, ou estou fazendo confusão?

Desculpe deco27x, mas é isso mesmo, uma maior abertura para uma pequena saída de pupila irá ter maior luminosidade. Você entendeu certo.
AlvaroMiranda
AlvaroMiranda
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 228
Data de inscrição : 24/07/2014
Idade : 62
Localização : Itu/SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Redutor focal.

Mensagem  Bruno Seg 07 Set 2015, 15:24

AlvaroMiranda escreveu:quanto maior a pupila de saída menor fica o objeto observado
O que pode diminuir ou aumentar o tamanho aparente de um objeto é a ampliação, não há nesse caso relação com a pupila de saída que é a área pela qual a luz sai do instrumento. Uma pupila de saída de 9mm por exemplo, terá o excesso de luz barrado pela pupila do olho.

Bruno
Moderador
Bruno
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 59

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Redutor focal.

Mensagem  AlvaroMiranda Seg 07 Set 2015, 17:28

Bruno, veja bem, se eu tiver usando um telescópio 200mm Distancia focal de 1000mm F/5 e usar uma ocular de 25mm eu vou ter uma pupila de saída de 5mm e um aumento de 40x. Agora trocando a ocular para uma de 10mm vou ter uma pupila de saída de 2mm e 100x de aumento. E nesse caso a imagem logicamente foi aumentada porém perde-se um pouco da luminosidade desse objeto.Obviamente que se a pupila de saída ultrapassar 6mm vai haver perda de luminosidade e esse valor tende a diminuir com a idade do indivíduo. Chega-se a conclusão de que para o "mesmo instrumento" quanto menor for a pupila de saída maior será o aumento e maior será também a perca de luminosidade do objeto observado.
AlvaroMiranda
AlvaroMiranda
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 228
Data de inscrição : 24/07/2014
Idade : 62
Localização : Itu/SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Redutor focal.

Mensagem  Bruno Seg 07 Set 2015, 17:41

Dessa forma eu entendí, foi por que do jeito que você escreveu "quanto maior a pupila de saída menor fica o objeto observado", na hora não me ocorreu que uma menor ampliação diminuí de fato o tamanho aparente de um objeto observado. Eu entendí como sendo a pupila de saída determinante para o tamanho aparente do objeto.

Bruno
Moderador
Bruno
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 59

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Redutor focal.

Mensagem  AlvaroMiranda Seg 07 Set 2015, 18:02

Sim Bruno, para um determinado instrumento, quanto maior for a Pupila de saída menor será também a ampliação, por outro lado a luminosidade do objeto será maior. Já com uma Pupila de saída menor o aumento será maior no entanto perde-se a luminosidade, isso usando o mesmo instrumento e se tratando de objetos "grandes" como uma galáxia ou uma nebulosa.
Dê uma olhada no link abaixo, tem informação mais precisas desse assunto.

https://www.astronomics.com/eyepiece-exit-pupils_t.aspx

AlvaroMiranda
AlvaroMiranda
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 228
Data de inscrição : 24/07/2014
Idade : 62
Localização : Itu/SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Redutor focal.

Mensagem  Bruno Seg 07 Set 2015, 18:12

Tranquilo, essa questão da observância da pupila de saída pode explicar o sucesso em algumas observações de DSOs, e até mesmo de objetos do sistema solar com aparelhos considerados como não apropriados.

Bruno
Moderador
Bruno
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 59

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Redutor focal.

Mensagem  deco27x Seg 07 Set 2015, 18:24

É preciso cuidado com o uso de certos termos para evitar confusões.

Vejo muita gente falando de "luminosidade" (quantidade de luz) em vez de falar "brilho de superfície" (quantidade de luz / área na qual ela está distribuída), que seria o termo mais correto.

Eu entendi o que o colega quis dizer, mas da maneira que está posto pode gerar confusão. Quando falamos de luminosidade subentende-se que estamos falando do brilho total do objeto, e para um mesmo instrumento não faria sentido falar de ganho ou perda de luminosidade usando maior ou menor ampliação (saída de pupila menor ou maior) visto que a quantidade total de luz captada do objeto permanece a mesma, apenas é distribuída por uma área maior ou menor a depender da ampliação utilizada. Neste caso é o brilho de superfície da imagem resultante que será função da ampliação utilizada
deco27x
deco27x
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 930
Data de inscrição : 19/05/2012
Localização : Salvador - Ba

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Redutor focal.

Mensagem  Bruno Seg 07 Set 2015, 18:46

deco27x escreveu:É preciso cuidado com o uso de certos termos para evitar confusões.
Vejo muita gente falando de "luminosidade" (quantidade de luz) em vez de falar "brilho de superfície" (quantidade de luz / área na qual ela está distribuída), que seria o termo mais correto.
Bem lembrado, isso ocorre com frequência por que em se tratando de telescópios luminosidade tem a ver com abertura, o relativo à imagem é o brilho. Um F curto por exemplo proporciona imagens mais brilhantes e não mais luminosas.

Bruno
Moderador
Bruno
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 59

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Redutor focal.

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum