Observação visual de Júpiter/oposição 2014.

Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte

Ir em baixo

spica Observação visual de Júpiter/oposição 2014.

Mensagem  Bruno em Sab 10 Ago 2013, 06:56

Data: 10/08/2013
Hora: 05:45
Alvo: Júpiter
Instrumento: Telescópio Maksutov-Casseigran 90mm F/14.
Acessórios: ocular WA 6mm 66º (204x), ocular série 500 6.5mm (197x), ocular Vixen NPL 8mm (166x), ocular série 500 15mm (83x).
Filtro: série 500 #82A-azul.
Condições atmosféricas: 23ºC, direção do vento: E, alto cúmulos a oeste, noroeste, norte, nordeste e leste, ventos a 13km/h, UR 77%.
Seeing: estimado em 7 na escala Pickering.
Coordenadas Topocêntricas: 23º horizonte leste.


Finalmente o Rei dos planetas voltou em toda a sua majestade. Com um diâmetro aparente levemente superior ao da oposição passada jupiter se destaca agora no céu da madrugada. Apesar da sua altitude ser ainda desfavorável sobre o horizonte leste, eu pude observar sem muitas dificuldades as zonas polares sul SPZ e norte NPZ levemente escurecidas, a faixa temperada sul STB, a faixa equatorial sul SEB, a faixa equatorial norte NEB e a faixa temperada norte NTB. Há pouco a lua "Io" começou uma imersão pelo limbo oeste provocando o tradicional efeito de "amassamento" no contorno do planeta, e eis que eu observei encravada entre a zona tropical sul STrZ e a borda sul da SEB a Grande Mancha Vermelha GMV, e ela se encontrava a meio caminho entre o limbo leste e o meridiano central MC. A sudeste dela, mais precisamente na zona temperada sul STZ um grande escurecimento foi constatado. Na borda norte da NEB pude divisar duas manchas ovais escuras DOS, uma a leste e outra a oeste do MC. Todas as outras três luas (Ganimedes, Europa e Calisto) encontravam-se a oeste de jupiter. A coloração do planeta se mostrou próxima do "marfim", e a faixas com tons castanhos. A GMV apresentava-se meio descolorida, meio "parda", e as duas DOS com a mesma coloração da NEB. Devido às distorções atmosféricas por causa da baixa altitude as melhores imagens foram obtidas com aumentos entre 83x e 166x, e com o céu de fundo já ficando azul. Apesar de curta foi uma sessão de observação bastante interessante, e deu para antever as surpresas que jupiter nos reserva para essa nova oposição em 2014. Acredito que as observações começarão a ficar realmente satisfatórias à partir da 1ª quinzena de outubro.

Bruno
Moderador


Última edição por Bruno em Sex 28 Fev 2014, 23:31, editado 2 vez(es)
avatar
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 56

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Observação visual de Júpiter/oposição 2014.

Mensagem  Durva em Sab 10 Ago 2013, 09:16

Olá Bruno, muito bacana seu relato. Não vejo a hora de poder observar Júpiter novamente, realmente é o alvo planetário mais interessante para a observação com nossos telescópios de pequeno e médio porte.

Abraço.
avatar
Durva
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 744
Data de inscrição : 24/05/2012
Idade : 44
Localização : São José dos Pinhais/PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Observação visual de Júpiter/oposição 2014.

Mensagem  M.couto em Ter 13 Ago 2013, 01:08

Durva escreveu:Olá Bruno, muito bacana seu relato. Não vejo a hora de poder observar Júpiter novamente, realmente é o alvo planetário mais interessante para a observação com nossos telescópios de pequeno e médio porte.

Abraço.

É sem duvida Durva, os telescópios de porte médio corretamente utilizados apresentam uma melhora da performance ao se observar Júpiter antes da sua oposição.
abs
avatar
M.couto
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 238
Data de inscrição : 07/09/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Observação visual de Júpiter/oposição 2014.

Mensagem  M.couto em Sab 17 Ago 2013, 15:01

Tentei observiter com o meu telescópio de 90mm mas ele estava muito baixo no horizonte e a turbulência atrapalhou,

mas constatei que ele apresenta um diâmetro aparente bem interessante.
abs
avatar
M.couto
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 238
Data de inscrição : 07/09/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Observação visual de Júpiter/oposição 2014.

Mensagem  Bruno em Sab 28 Set 2013, 14:43

Data: 28/09/2013
Hora: 04:45
Alvo: Jupiter
Instrumento: Telescópio SkyWatcher Maksutov-Casseigran EQ1 90mm F/13.8 (14).
Acessórios: oculares Série 500 10mm (125x), Série 500 15mm (83x), Vixen NPL 8mm (166x).
Filtros: #82A-azul série 500, #82A-azul GSO e #82A-azul Hirsch.
Condições atmosféricas: céu limpo, temp. 22ºC, direção do vento ENE/velocidade 10km/h, UR 51%.
Seeing: estimado em 8 na escala Pickering.
Coordenadas Topocêntricas: 43º horizonte nordeste.


Pela primeira vez desde que jupiter voltou em mais uma nova oposição eu pude visualizar com bastante nitidez o disco do planeta. As condições atmosféricas estavam extremamente favoráveis e típicas das madrugadas de primavera. Após uma aclimatação de 30 minutos e com um um seeing estimado em pelo menos 8 na escala Pickering o MAK90 não "negou fogo", e por várias vezes eu obtive imagens excepcionalmente nítidas principalmente quando o céu de fundo começou a ficar azul com a chegada do amanhecer. De imediato visualizei as duas faixas equatoriais sul SEB e a norte NEB com ambas apresentando uma coloração castanho acinzentada, e com algumas irregularidades ou pequenas "ondulações" nas bordas sul e norte delas. No hemisfério norte observei a faixa temperada norte NTB bem mais estreita do que quando foi observada e fotografada na oposição passada. Subindo mais para o norte visualizei também a faixa temperada norte do norte NNTB praticamente com a mesma largura da NTB. Cheguei a pensar na possibilidade de a NTB que foi vista mais larga e sozinha no hemisfério norte de jupiter durante a oposição passada, ter se dividido em duas gerando assim a NNTB, mas não é assim que eu observo, por diversas vezes registrei falhas enormes nas faixas temperadas sugerindo que elas se formam no sentido equatorial, e não em direção aos polos. A zona polar norte NPZ avançava em direção à zona temperada norte NTZ do planeta bem mais do que na oposição anterior. No hemisfério sul uma faixa escura delimitando o limite norte da zona polar sul SPZ em alguns momentos me levaram a acreditar de que se tratava da faixa temperada sul do sul SSTB, mas não consegui comprovar isso pois ela estava muito unida na borda escurecida da SPZ. Não visualizai nenhuma mancha oval branca WOS ou escura DOS nas faixas equatoriais, entretanto a faixa equatorial sul apresentou uma divisão ou um clareamento próxima do limbo leste. A faixa equatorial EB pôde ser observada na zona equatorial EZ apenas nas proximidades dos limbos E e W. As 4 luas galileanas encontravam-se a oeste do planeta com Io e Europa formando um curioso par e bastante próximas. O uso de três marcas diferentes de filtros #82A-azul (Série 500, GSO e Hirsch) no Mak 90 foram de grande auxílio, com cada um proporcionando um contraste diferente, ora acentuando um determinado detalhe, ora acentuando outro que tenha passado desapercebido com o anterior. Apesar de que com 166x de aumentos as imagens tenham se apresentado bastante interessantes, foi mesmo com a ocular de 10mm e 125x que obtive os melhores registros nessa seção de observação.

Bruno
Moderador
avatar
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 56

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Observação visual de Júpiter/oposição 2014.

Mensagem  Lucas87 em Sab 28 Set 2013, 15:47

Mais um belo relato Bruno, mostrando o ótimo desempenho do Mak 90.

Consegui observar Júpiter ontem de madrugada...

Data: 27/09/2013.
Hora: 05:00.
Alvo: Júpiter.
Altura: 31° sobre o horizonte nordeste.
Instrumento: Telescópio Refrator Celestron Power Seeker 70mm F/10.
Acessório: ocular Celestron Kellner 20mm.
Condições atmosféricas: céu limpo apenas com alguns cirrus, temperatura de 12°C.
Seeing: estimado em 8 na escala Pickering.


Finalmente depois de muito tempo pude observar Júpiter. Para minha sorte o seeing estava muito bom! De cara pude observar a faixa equatorial sul SEB e a faixa equatorial norte NEB. Com um pouco mais de atenção foi possível perceber a zona polar sul SPZ e a faixa temperada norte NTB. Fiquei impressionado com a qualidade das imagens com apenas 35x de ampliação! Além disso também foi possível observar a GMV entrando pelo limbo leste do planeta. À medida que o dia ia amanhecendo o seeing piorou e passou para 6 na escala Pickering.

A oeste de Júpiter Calisto e Ganimedes formavam um belo par, estavam muito próximas. A oeste Io estava próxima de Júpiter e Europa mais afastada.


Júpiter abaixo a direita da Lua.
avatar
Lucas87
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 619
Data de inscrição : 15/08/2012
Idade : 19
Localização : São José, SC

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Observação visual de Júpiter/oposição 2014.

Mensagem  Lucas87 em Sab 28 Set 2013, 15:51

Correção: a *leste* estava Io...

E uma coisa que notei foi que a GMV parecia mais escura que na oposição passada, mas talvez seja só impressão.
avatar
Lucas87
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 619
Data de inscrição : 15/08/2012
Idade : 19
Localização : São José, SC

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Observação visual de Júpiter/oposição 2014.

Mensagem  Bruno em Sab 28 Set 2013, 16:25

Lucas87 escreveu:1-Para minha sorte o seeing estava muito bom!
Fiquei impressionado com a qualidade das imagens com apenas 35x de ampliação!
Além disso também foi possível observar a GMV entrando pelo limbo leste do planeta.
a GMV parecia mais escura que na oposição passada

Obrigado pelo relato Lucas87, o seu "setentinha" sempre está a nos surpreender. Realmente o seeing é decisivo no processo de formação da imagem final a ser observada seja qual for o instrumento, e com certeza considerando o aumento normal do seu 70mm como de 70x, com 35x de aumentos o equilíbrio entre a luminosidade e o contraste ficou perfeito e consequentemente proporcionou imagens perfeitas. É uma lei da ótica a distância focal mediana ou curta ser melhor aproveitada com aumentos de baixos a moderados (coef. 0.5x  a 1.5x). A sua acuidade visual aliada a uma objetiva de 70mm corretamente utilizada provaram que um instrumento com essa abertura pode realizar observações importantes, como a constatação de que visualmente a GMV encontra-se mais escurecida. Quanto às luas formando pares por duas noites consecutivas parecem indicar também uma inclinação orbital diferenciada em relação à da oposição anterior.
Vamos acompanhar de perto as configurações no panorama Joviano que dessa vez está apresentando diferenças bastante significativas, inclusive com o retorno da faixa temperada norte do norte NNTB.
Bruno
Moderador
avatar
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 56

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Observação visual de Júpiter/oposição 2014.

Mensagem  Lucas87 em Sab 28 Set 2013, 16:36

Exato Bruno!
Notei a GMV mais escurecida pois ela não se apresentava como uma falha na faixa equatorial sul SEB, mas como uma protuberância mesmo!
avatar
Lucas87
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 619
Data de inscrição : 15/08/2012
Idade : 19
Localização : São José, SC

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Observação visual de Júpiter/oposição 2014.

Mensagem  Bruno em Sab 28 Set 2013, 16:57

Ok, ela estará visível passando pelo meridiano central de jupiter no próximo dia 30 de setembro à 04:30hs. Se as condições atmosféricas permitirem poderemos então tentar constatar e confirmar esse escurecimento da GMV.
Bruno
Moderador
avatar
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 56

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Observação visual de Júpiter/oposição 2014.

Mensagem  Bruno em Qua 02 Out 2013, 21:44

Data: 02/10/2013
Hora: 04:45
Alvo: Jupiter
Instrumento: Telescópio SkyWatcher Maksutov-Casseigran EQ1 90mm F/13.8
Acessórios: oculares Série 500 10mm (125x), Vixen 25mm (50x), Vixen NPL 8mm (166x).
Condições atmosféricas: nevoeiro de leste a noroeste, temp. 19ºC, direção do vento NO/velocidade 03km/h, UR 61%.
Seeing: estimado em 7 na escala Pickering.
Coordenadas Topocêntricas: 42º horizonte nordeste.


Apesar das constantes oscilações nas condições atmosféricas, consegui mais uma observação razoável de jupiter apesar da presença de um nevoeiro. A faixa eq. sul SEB apresentava praticamente o dobro de largura da faixa eq. norte NEB, com uma grande fenda na sua porção leste próxima ao limbo, e mostrava falhas nas suas bordas norte e sul. Quase em cima do meridiano central MC pude divisar a GMV sem dificuldades, porém não consegui constatar se estava mais escura do que na oposição passada por causa da interferência do nevoeiro. A faixa eq. norte NEB também mostrou algumas irregularidades nas bordas. No hemisfério norte pude divisar a faixa temperada norte NTB e mais acima a faixa temperada norte do norte NNTB, porém a sua coloração estava bastante esmaecida. A zona polar norte NPZ mostrou-se com uma coloração cinza, e com a sua borda sul quase tocando a NNTB. No hemisfério sul a faixa temperada sul do sul SSTB estava bem próxima da borda norte da zona polar sul SPZ. Uma lua a leste e três a oeste completaram o panorama. Mais uma vez o MAK90 com 125x de aumentos apresentou imagens excelentes. À medida em que jupiter avança rumo a mais uma nova oposição, as imagens tendem a melhorar pois ele ainda vai se elevar mais um pouco sobre o horizonte.

Bruno
Moderador
avatar
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 56

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Observação visual de Júpiter/oposição 2014.

Mensagem  Durva em Qua 02 Out 2013, 22:13

Olá Bruno, mais um excelente relato apesar das condições climáticas. Mas o que mais tem me chamado a atenção em suas observações de Júpiter, é o fato de todas elas estarem sendo feitas com seu MAK 90mm. Sei que você é, além de todas as qualidades que um refrator F/15 possui na observação planetária, um apaixonado por grandes refratores. Portanto o que quero dizer: é que esse pequeno e portátil telescópio também não nega fogo na observação planetária e se utilizado dentro de sua capacidade poderá ser um equipamento definitivo para quem gosta de observar detalhes da superfícies planetárias e da Lua.

Acho que um desse será o meu próximo telescópio.

Abraço.
avatar
Durva
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 744
Data de inscrição : 24/05/2012
Idade : 44
Localização : São José dos Pinhais/PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Observação visual de Júpiter/oposição 2014.

Mensagem  Bruno em Qua 02 Out 2013, 23:15

Durva escreveu:Portanto o que quero dizer: é que esse pequeno e portátil telescópio também não nega fogo na observação planetária e se utilizado dentro de sua capacidade poderá ser um equipamento definitivo para quem gosta de observar detalhes da superfícies planetárias e da Lua.
Não nega fogo mesmo Durva, e pelo fato do MAK90 não apresentar nas imagens aberração cromática e nem esférica por causa do F longo (14), ele permite aumentos elevados (coef. 2.5x), e com aumentos medianos (coef. 1.5x) as imagens ficam excepcionais. Com uma simples ocular Plossl de 10mm proporcionando 125x de aumentos o MAK90 me mostrou  jupiter bem parecido com o que eu vejo no meu refrator de 103mm F/15 com esse mesmo aumento. Sem dúvida no MAK90 conseguiram reunir num único instrumento a portabilidade e a potência num grau muito elevado. E mesmo na observação de deep sky com poucos aumentos o céu de fundo fica bem escurecido por causa do F longo, proporcionando interessantes contrastes nas imagens de campos estelares e das nebulosas. Os únicos cuidados a serem tomados são com a aclimatação dele (pelo menos de 20 a 30 minutos), o problema do orvalho na placa corretora (pode ser resolvido fazendo-se um "dew cap" ou um "cilindro" protetor de orvalho feito de borracha E.V.A.), e  que esse Maksutov 90mm fica bem mais cômodo de se observar quando acoplado numa montagem EQ1. É um instrumento que eu recomendo para os observadores que já tenham adquirido prática com instrumentos mais modestos, e que é indicado especialmente para a  observação visual lunar, de superfícies planetárias e de estrelas duplas e múltiplas com fortes aumentos.

Bruno
Moderador
avatar
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 56

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Observação visual de Júpiter/oposição 2014.

Mensagem  Bruno em Dom 06 Out 2013, 17:02

Data: 06/10/2013
Localização: 19º41'9"S/43º57'39"W.
Hora: 04:00
Alvo: Planeta Jupiter
Instrumento: Refrator acromático 100mm F15
Acessórios: oculares Série 500 10mm (150x), WA expanse 6mm (260x) e diagonal 1.25" Meade.
Condições atmosféricas: céu parcialmente nublado, temp. 20ºC, direção do vento ENE/velocidade 14km/h, UR 51%.
Seeing: estimado em 8 na escala Pickering.
Coordenadas Topocêntricas: 40º horizonte nordeste.


Aproveitando as brechas entre as nuvens eu dei início hoje à seção de observação utilizando dessa vez o refrator de 100mm F15 na EQ3 com motor-drive. Com a ocular de 10mm e 150x de aumentos uma grande turbulência foi observada dividindo ao meio a faixa eq. sul SEB.  Se parecia mais com uma "brecha" ou "fenda" de contornos afunilados desde o limbo leste até pouco depois do meridiano central MC. A coloração  dessa "divisão" na SEB era mais cinza ou escura do que a das zonas do planeta que se mostraram com uma cor marfim. A ocular de 6mm e 260x de aumentos revelou ao sul e ao norte dessa divisão inúmeras manchinhas esbranquiçadas como que "entrelaçadas", que se pareciam com pequeninas "estrias" ou "flóculos" por toda a seção longitudinal da SEB. A faixa eq. norte NEB apresentava  uma mancha oval escura DOS de tamanho médio na borda sul e a leste do MC. No hemisfério norte a faixa temperada norte NTB parecia estar um pouco "inclinada" em relação ao equador do planeta, com a sua porção leste entrando pela zona temperada norte NTZ enquanto a outra extremidade pela borda norte invadia a zona temperada norte do norte NNTZ, ficando dessa forma bem próxima da borda sul da zona polar norte NPZ. Já no hemisfério sul a faixa temperada sul STB e a faixa temperada sul do sul SSTB foram visualizadas juntas com a cinzenta zona polar sul SPZ. Apesar da falta de êxito em observar a faixa eq. EB dentro da zona equatorial EZ, eu consegui visualizar um pouco a oeste do MC um tênue porém grande "penacho" equatorial de coloração castanha, que descia  desde a borda norte da EZ até depois da linha do equador do planeta. As luas  Ganimedes e Europa a leste apresentavam uma coloração pálida ou levemente amarelada, e a oeste Io e Calisto apareciam com uma coloração âmbar.
Bruno
Moderador
avatar
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 56

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Trânsito da GMV.

Mensagem  Bruno em Dom 06 Out 2013, 22:24

Na próxima madrugada, 07/10 a GMV estará passando pelo MC de jupiter por volta das 04:00hs. Se as condições atmosféricas estiverem favoráveis, será uma boa ocasião para verificar se a GMV realmente está com a coloração mais escura nessa oposição como foi constatado pelo colega Lucas87.

Bruno
Moderador
avatar
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 56

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Escurecimento da GMV.

Mensagem  Bruno em Seg 07 Out 2013, 17:37

Data: 07/10/2013
Hora: 04:30
Alvo: Jupiter
Instrumento: Maksutov-Casseigran EQ1 90mm F/13.8
Acessórios: oculares Série 500 10mm (125x), Vixen 25mm (50x).
Condições atmosféricas: névoa seca, temp. 22ºC, direção do vento SO/velocidade 13km/h, UR 60%.
Seeing: estimado em 7 na escala Pickering.



Essa observação foi apenas para tentar confirmar um escurecimento na coloração da GMV relatado pelo nosso colega Lucas87. Apesar de uma névoa seca avermelhada na atmosfera hoje de madrugada, às 04:30hs com a GMV passando pelo meridiano central eu pude constatar com o MAK90 e 125x de aumentos que a GMV está aparentemente mais escurecida mesmo nessa oposição, apresentando inclusive os seus contornos com razoável nitidez. Na anterior quando ela foi por mim observada com uma abertura mediana como a do meu Vixen 70mm F/10, ela se parecia mais com uma falha na faixa equatorial sul SEB do que como uma mancha. Vou esperar para ver se no próximo trânsito a atmosfera esteja mais favorável para assim poder confirmar definitivamente essa mudança na intensidade da cor ou escurecimento da GMV, só que dessa vez eu vou observar com o "setentinha" da Vixen para tentar aproximar ao máximo das imagens obtidas pelo Lucas com o "setentinha" Powerseeker dele.

Bruno
Moderador
avatar
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 56

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Transito triplo de sombras em Júpiter!

Mensagem  Lucas87 em Seg 07 Out 2013, 20:45

Legal Bruno!

Na madrugada de sábado (dia 12) vai ocorrer um fenômeno bem incomum: três trânsitos de luas de Júpiter ao mesmo tempo!



Informações dos trânsitos das sombras (inclusive com trânsito da GMV), já no horário brasileiro:

01:32.9  Imersão da sombra de Io       I.Sh.I
02:41.7  Emersão da sombra de Calisto IV.Sh.E
02:49.7  Início do trânsito de Io      I.Tr.I
03:02.1  Emersão da sombra de Europa  II.Sh.E
03:03.5  Início do trânsito de Europa II.Tr.I
03:40.0  Trânsito da Grande Mancha Vermelha no meridiano central
03:45.4  Emersão da sombra de Io       I.Sh.E
05:02.9  Fim do trânsito de Io         I.Tr.E
05:43.6  Fim do trânsito de Europa    II.Tr.E

Teremos um intervalo de aproximadamente 1h09 em que as três sombras estarão transitando o planeta.
avatar
Lucas87
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 619
Data de inscrição : 15/08/2012
Idade : 19
Localização : São José, SC

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Observação visual de Júpiter/oposição 2014.

Mensagem  Bruno em Sex 11 Out 2013, 20:49

Nas latitudes mais ao sul por volta de 02:30 jupiter já estará a cerca de 33º de altura sobre o horizonte nordeste, o que ajuda um pouco. Estando as condições climáticas favoráveis será mesmo uma rara oportunidade para observar juntas a GMV e as sombras das luas Calisto, Europa e Io projetadas sobre o disco do planeta.

Bruno
Moderador
avatar
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 56

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Observação visual de Júpiter/oposição 2014.

Mensagem  Bruno em Sab 12 Out 2013, 13:59

Data: 12/10/2013
Hora: 02:30
Alvo: Trânsito da GMV e das luas Calisto, Io e Europa.
Instrumento: Maksutov-Casseigran EQ1 90mm F/13.8
Acessórios: oculares 10mm (125x), 20mm (45x).
Condições atmosféricas: névoa seca, estrato e cirro cúmulos, temp. 21ºC, direção do vento NO/velocidade 19km/h, UR 71%.
Seeing: estimado na escala Pickering entre 4 e 8.


Foi uma sessão de observação muito difícil pois a atmosfera que estava incrivelmente límpida e perfeita, repentinamente foi tomada por uma névoa seca e camadas de nuvens estratificadas. Mesmo assim depois de longos minutos de espera a minha persistência foi recompensada, pois  com brevíssimos momentos em que brechas surgiam nas camadas estratificadas eu obtive imagens perfeitas. Com apenas as oculares originais de 10mm (125x) e 20mm (45x), o MAK90 deu provas de que é um instrumento de porte médio feito sob medida para a observação de superfícies planetárias. Com momentos de transparência total em períodos de no máximo 60 a 90 segundos a cada 5 ou 10 minutos, não tive a menor dificuldade em observar a sombra negra de Calisto projetada na borda norte da SEB depois do meridiano central, e Europa e Io formando um par a se aproximar do limbo leste de jupiter. Já é a terceira vez nessa oposição que registro curiosos pares entre as luas de jupiter, talvez por causa do plano orbital da Terra se encontrar mais inclinado em relação ao de jupiter. Novamente registrei o efeito de "amassamento" do limbo quando a lua se aproximava dele. Não sei o que provoca isso, e creio ser mesmo uma ilusão de ótica. Em poucos minutos a sombra de Io foi projetada ao sul da SEB, e um pouco mais a leste Europa também lançou a sua sombra negra sobre a eterna camada de nuvens da turbulenta atmosfera de jupiter. Ao mesmo tempo a GMV se encontrava na zona tropical sul STrZ, "encaixada" ou "dentro" de uma enorme falha ou "Baía" na borda sul da SEB. Por causa da névoa seca na atmosfera não consegui confirmar se a GMV está mesmo com a cor mais escura nessa oposição. Dentre os poucos segundos de estabilidade total nas imagens o MAK90 armado com 125x mostrou com bastante nitidez como as faixas equatoriais são bem distintas, com colorações e características próprias. Observei também a faixa temperada sul STB, a faixa temperada norte NTB, a norte do norte NNTB e as duas zonas polares. Pude visualizar também na borda norte da NEB duas pequenas DOS (manchas ovais escuras). Cheguei a pensar em colocar o refrator de 100mm F15 na coluna equatorial, mas o Maksutov-Casseigran 90mm F13.8 foi um substituto à altura pois com precisão me mostrou o que eu precisava observar.
Bruno
Moderador
avatar
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 56

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Escurecimento da GMV durante observação visual.

Mensagem  Bruno em Seg 14 Out 2013, 22:27

14/10/2013
Observação de jupiter
Hora: 04:30 / UT 07:30
Telescópio Maksutov-Casseigran EQ1 90mm F13.8
Oculares 10mm - 125x, 8mm - 166x
Transparência atmosférica: sem nuvens/turbulências ocasionais nas camadas mais altas.
Seeing na escala Pickering entre 6 e 8


Observação efetuada para constatar se realmente a coloração da GMV está alterada em relação a da oposição passada como atestou o colega Lucas87, e como resposta isso me parece afirmativo. Nos breves momentos de estabilidade atmosférica, desde que a GMV entrou pelo limbo leste no disco do planeta ela já se mostrava visualmente mais escurecida, tornando ainda mais evidente quando ela atingiu o meridiano central do planeta. A GMV foi visualizada como uma pequena mancha ovalada de coloração castanho-cinzento e muito semelhante à da SEB, se localizando bem destacada dentro de uma "baía" na borda sul da faixa equatorial sul com a zona tropical sul StrZ. Outro detalhe digno de ser registrado foi a zona equatorial EZ, e que também se apresentou mais escurecida se comparada às outras zonas do planeta. Dessa vez eu tive dificuldades para visualizar as faixas temperadas nos dois hemisférios.
Estimativa de albedo entre a faixa equatorial sul, a GMV, a zona tropical sul e a mancha oval escura:

1.0 (para formações mais claras) a 0.0 (para formações mais escuras)

StrZ = 0.8
SEB = 0.5
EZ = 0.7 - na oposição passada estimada em 0.8
GMV = 0.6 - na oposição passada estimada em 0.7
Oval escura = 0.4
Bruno
Moderador
avatar
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 56

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Saudades de júpiter

Mensagem  ajc em Ter 15 Out 2013, 21:24

Só consigo avistar Júpiter depois das 4hs, horário local. Nesta última madrugada vi essa oval escura cruzando o MC já com o dia clareando. Vi também, bem definidas, as faixas entre a NEB e a região polar norte. A ideia de avaliar os albedos é muito boa pois quantifica numericamente a observação.
avatar
ajc
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 500
Data de inscrição : 09/11/2011
Idade : 50
Localização : Belo Horizonte / MG

http://astronomiaemusica.no.comunidades.net/index.php

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Observação visual de Júpiter/oposição 2014.

Mensagem  Bruno em Ter 15 Out 2013, 21:42

Olá "moço".
Gostaria se possível que dentro das suas possibilidades, você fizesse para nós estimativas de albedo e de largura relativa dos cinturões e zonas de jupiter. Creio estar detectando discrepâncias no albedo da GMV e da zona equatorial em relação aos estimados na oposição passada.
Um abraço.
Bruno
Moderador
avatar
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 56

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Observação visual de Júpiter/oposição 2014.

Mensagem  starman em Seg 04 Nov 2013, 10:41

Bom dia.
Alguém poderia me explicar como ou porquê a GMV ficou mais escurecida atualmente? Pude verificar isso com o meu Vixen 70mm. Ela foi melhor visualizada agora do que na oposição passada.

starman
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 131
Data de inscrição : 28/01/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Observação visual de Júpiter/oposição 2014.

Mensagem  Bruno em Seg 04 Nov 2013, 11:02

starman escreveu:como ou porquê a GMV ficou mais escurecida atualmente?
Olá starman, em jupiter acontece um fenômeno chamado de "Pertubação da Faixa Equatorial Sul" que acontece em períodos de 3 a 15 anos. Com uma cor oscilando entre o marrom-escuro e avermelhado por causa da presença de enxofre e fósforo, estes elementos ao se misturarem com os cristais de amônia na atmosfera de jupiter a baixíssimas temperaturas (-70º C) desaparecem, e assim ao que parece surge uma perturbação na SEB deixando a GMV mais visível em relação à SEB. Nessas ocasiões a Grande Mancha Vermelha fica mais contrastada e evidenciada, e se estiver acontecendo isso atualmente numa pequena porção ou área localizada na faixa equatorial sul, poderia estar aí uma possível explicação do porquê ela está visualmente mais evidente agora do que na oposição passada.
Bruno
Moderador
avatar
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 56

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Observação visual de Júpiter/oposição 2014.

Mensagem  Lucas87 em Dom 08 Dez 2013, 12:25

Data: 08/12/2013.
Alvo: Júpiter.
Instrumento: Telescópio Refrator Celestron Power Seeker 70mm F/10.
Acessório: ocular Vixen NPL 6mm (116x).
Condições atmosféricas: céu limpo apenas com alguns cúmulos nos horizontes.
Seeing: estimado em 9 na escala Pickering.

Hora: 05:20 HBV.
Altura: 33° sobre o horizonte noroeste.

O seeing estava ótimo! Júpiter apresentava a Zona Polar Norte NPZ, a Faixa Temperada Norte NTB, a Faixa Equatorial Norte NEB, a Faixa Equatorial Sul SEB, a Faixa Temperada Sul STB e a Zona Polar Sul SPZ. A NEB está mais fina que a SEB. Há uma divisão clara entre a NPZ e a NTB, porém não há divisão entre a STB e a SPZ. A GMV entra pelo limbo leste de Júpiter, como uma falha na SEB. A coisa que mais me chamou atenção foi um ponto muito escuro que de cara jurei ser a sombra de uma das luas, sobre a NEB. Logo percebi que não era sombra nenhuma, já que todas as 4 luas estavam a oeste de Júpiter e não poderiam produzir sombras no planeta. Esta "mancha" era cinza bem escura, diferente das ovais que já observei (que eram manchas alongadas marrons). Esta mancha era bem pontual, se assemelhando muito à sombra de Ganimedes que já observei.


Hora: 05:40 HBV.
Altura: 30° sobre o horizonte noroeste.

A região da GMV se deslocou um pouco para oeste, e, dependendo do jeito que se olha é visível uma mancha (a própria GMV) em parte desta região. A mancha escura da NEB também se deslocou um pouco para oeste.


Hora: 06:10 HBV.
Altura: 27° sobre o horizonte noroeste.

O contraste entre as faixas melhorou com o clarão do dia. A região toda da GMV agora está na parte visível de Júpiter. Agora claramente a própria GMV é visível como uma região mais clara que a SEB, porem mais escura que a zona entre a SEB e a STB. A mancha escura da NEB agora está entre o Meridiano Central MC e o limbo oeste do planeta. Queria continuar observando, mesmo de dia, até que a GMV chegasse no MC mas o céu nublou.

Se alguém não entender as denominações das faixas, essa imagem mostra: http://eternosaprendizes.com/wp-content/uploads/2010/11/Bandas-de-nuvens-em-J%C3%BApiter.png

Abaixo um desenho mostrando a posição desta mancha bem escura em relação à GMV para que possam tentar observá-la também:



Talvez eu esteja me empolgando muito com essa mancha e ela seja uma oval comum, mas alguém mais experiente poderia falar sobre isso...
avatar
Lucas87
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 619
Data de inscrição : 15/08/2012
Idade : 19
Localização : São José, SC

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Observação visual de Júpiter/oposição 2014.

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum