Dando os primeiros passos na observação do céu.

Página 19 de 23 Anterior  1 ... 11 ... 18, 19, 20, 21, 22, 23  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

spica Re: Dando os primeiros passos na observação do céu.

Mensagem  Durva em Ter 29 Jan 2013, 21:41

Parabéns ao Jhoy pelo seu primeiro registro com o setentinha. Estamos no mesmo barco caro colega. Temos um instrumento simples, mas de muito valor e a cada dia que você observar, além de tudo de mais belo que o céu noturno nos reserva, você vai aprendendo a utilizar o telescópio, ajustar o foco mais precisamente e escolher os acessórios mais indicados para cada tipo de observação. Tudo isso gera uma sensação muito gratificante.

Obrigado Bruno. Estou muito feliz, pois busco essa prova de valor do setentinha des de que o adquiri, mas a diagonal original e o clima não estavam colaborado e hoje consegui um resultado satisfatório, mostrando mais uma vez que não podemos desistir nunca. Uma hora você estará no lugar certo e na hora certa.

Abraço.
avatar
Durva
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 744
Data de inscrição : 24/05/2012
Idade : 43
Localização : São José dos Pinhais/PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Dando os primeiros passos na observação do céu.

Mensagem  Jhoy em Ter 29 Jan 2013, 21:55

Obrigado pessoal.
Estou querendo fazer uma parede para impedir o vento pois vai melhorar na instabilidade.
E futuramente vou comprar uma barlow 2x e uma ocular de 4mm alem do meu binoculos, quando chegar a "surpresa" do Leandro do armazem que ja me cadastrou minha reserva de um 10x50 bak4...

Ultimamente os ceus aqui estao muito limpos, mas infelizmente os ventos não ajudam.

Estou muito feliz com o setentinha e respeito todas as suas limitações.

Ah, senti muita diferença depois que ajustei o focalizador.
avatar
Jhoy
Aspirante
Aspirante

Mensagens : 26
Data de inscrição : 05/12/2012
Idade : 25
Localização : Macéio/AL

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Dando os primeiros passos na observação do céu.

Mensagem  Durva em Ter 29 Jan 2013, 22:19

Jhoy, em outro tópico o bruno sugeriu a um colega construir um "biombo" de compensado em forma de "U", isso pode realmente te ajudar a diminuir as trepidações devidas ao vento. Quanto a ocular, por experiência própria, te aconselho a pegar uma Vixen NPL de 8mm e uma barlow GSO 2x. Essa ocular associada a barlow te dará (175x) de aumento, que poderá ser usada na Lua e em Saturno. Essa ocular sozinha, (87,5x) servirá bem para as nebulosas. Essa barlow pode ser desrosqueada e atarrachada diretamente na ocular te proporcionando (131x), um bom aumento para Júpiter em noites de atmosfera favorável.
O 10x50 é ideal para observação astronômica, você estará plenamente munido para boas noites de observação.

Abraço.
avatar
Durva
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 744
Data de inscrição : 24/05/2012
Idade : 43
Localização : São José dos Pinhais/PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Dando os primeiros passos na observação do céu.

Mensagem  Durva em Qua 30 Jan 2013, 00:20

Olá pessoal, realmente essa noite foi especial para mim. Gostaria de agradecer o apoio do colega Bruno, pois foi fundamental para o sucesso dessa observação.

Data: 30/01/2013
Hora (UT): 01:50 – 23:50(LT)
Localização: São José dos Pinhais – (S 25ᵒ 34’12” / W 49ᵒ 10’48”) – 916m
Instrumento: Refrator Vixen 70 mm F/10 – Ocular Vixen Plossl 10mm + Barlow GSO 2x (140x) de aumento e ocular Série 500 4mm (175x) de aumento.
Cond. Meteorológica: 78%UR – sem nuvens e vento de 7 km/h.

Hoje é o 18º dia de lunação, a Lua encontra-se a uns 18ᵒ leste, sua magnitude é de -12,11 e hoje está com 91% de sua face iluminada voltada para a terra. Hoje a tarde recebi a informação do acidente lunar conhecido como a Ponte de O’Neill. Justamente na Lunação de hoje esse acidente se encontra mais favorável a observação. Com o setentinha e apenas 140x de aumento já foi possível localiza-lo. Segundo informação do Site Vaz Tolentino “Esta formação encontra-se na borda oeste do Mare Crisium, ao longo dos pontos de encontro de duas “cabeceiras ou cabos”: Promontorium Lavinium e Promontorium Olivium, respectivamente.”
A Ponte de O´Neill é o encontro dos dois cabos :Promontorium Lavinium e Promontorium Olivium, estes promontórios são separados entre si por duas crateras-pico e não por uma ponte como se supôs inicialmente.

Fiz um esboço da observação visual, peço desculpas pelo desenho, pois não é meu forte. rs...





Abraço.

avatar
Durva
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 744
Data de inscrição : 24/05/2012
Idade : 43
Localização : São José dos Pinhais/PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Promontórios lunares.

Mensagem  Bruno em Qua 30 Jan 2013, 00:31

Olá Durva, foi o primeiro desenho de uma série que espero ver sempre aqui no AF. Observar essa região lunar que na verdade não é tão rica em detalhes quanto outras áreas mais ao sul, foi um grande desafio ter observado pormenores que indicam as formações já confirmadas com instrumentos de grande porte. Dessa vez a sua acuidade visual aliada à valentia de um setentinha bem equipado puderam vislumbrar uma região de difícil acesso até mesmo para a astrofotografia.

Bruno
Moderador
avatar
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 55

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Dando os primeiros passos na observação do céu.

Mensagem  Durva em Qua 30 Jan 2013, 00:35

Acredito na ajuda da sorte Bruno, pois hoje a inclinação da luz solar me favoreceu consideravelmente. Tanto tempo de espera e paciência foram premiados com essa "noite perfeita".
avatar
Durva
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 744
Data de inscrição : 24/05/2012
Idade : 43
Localização : São José dos Pinhais/PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Dando os primeiros passos na observação do céu.

Mensagem  Jhoy em Qua 30 Jan 2013, 00:46

Valeu Durva.
E como o Bruno comentou: mesmo com um instrumento limitado estas indo muito longe.
E seu desenho está bem explicado, acredito que você ficou muito contente por mais um "tesouro" visto.
avatar
Jhoy
Aspirante
Aspirante

Mensagens : 26
Data de inscrição : 05/12/2012
Idade : 25
Localização : Macéio/AL

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Dando os primeiros passos na observação do céu.

Mensagem  Durva em Qua 30 Jan 2013, 00:52

Cada passo dado, por menor que seja, é muito gratificante Jhoy. Por isso não podemos desanimar. Com certeza vou dormir feliz!

Abraço.
avatar
Durva
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 744
Data de inscrição : 24/05/2012
Idade : 43
Localização : São José dos Pinhais/PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Perseverança.

Mensagem  Bruno em Qua 30 Jan 2013, 06:55

Acontece como aquele velho ditado que diz: uma longa caminhada se faz de passo em passo. Se vocês mantiverem o ritmo e não desanimarem, inevitávelmente como premiação pela persistência os resultados virão com o tempo, e é claro, a cada passo será notada uma evolução. Continuem firmes.

Bruno
Moderador
avatar
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 55

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Dando os primeiros passos na observação do céu.

Mensagem  starman em Qua 30 Jan 2013, 08:12

Bruno escreveu:Olá Durva, foi o primeiro desenho de uma série que espero ver sempre aqui no AF.
Bom dia.
Sem dúvida Bruno, os desenhos astronômicos ou os astrodesenhos feitos no início da década de 1910 eram e ainda são uma verdadeira arte que precedeu a astrofotografia, e sempre foram grandes fontes de informações valiosas para auxiliar na observação visual durante o reconhecimento das formações e dos acidentes, em especial na superfície da Lua como foi o exemplo deixado pelos astrônomos Beer e Mädller, que fizeram um dos mapas lunares mais completos visualmente até hoje utilizando um refrator com 95mm de abertura, e isso em fins de 1890, e agora foi a vez do Durva dar a sua contribuição mostrando inclusive a valentia de um "setentinha" ao observar áreas que para isso precisam de instrumentos com aberturas maiores. Será muito interessante poder ver aqui mais vezes esse tipo de representação das imagens observadas e que são os astrodesenhos. Será muito importante pois existe realmente uma diferença entre uma foto de um determinado astro com uma imagem observada visualmente através de uma ocular, mesmo sendo do mesmo astro e observado no mesmo horário.
Abraços.

starman
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 131
Data de inscrição : 28/01/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Dando os primeiros passos na observação do céu.

Mensagem  Durva em Qua 30 Jan 2013, 09:09

Olá Starmen, foi muita coincidência, ontem você falar da ponte de O'Neill e a noite quando apontei o telescópio para o oeste do Mare Crisium, foi a primeira formação que observei. Na hora lembrei da foto do Vaz Tolentino e entrei no site pra ver, aí comuniquei ao Bruno, pois mesmo no Virtual Moom Atlas a informação era de que esse acidente só podia ser observado com no minimo 100mm de abertura. Foi então que o Bruno sugeriu que eu tentasse desenhar. Apesar de não ter muita habilidade resolvi tentar, mas pela intenção de saber se realmente se tratavam dos Promontórios.

Obrigado pela dica, pois sem seu post dificilmente eu reconheceria de primeira o acidente.

Abraço.
avatar
Durva
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 744
Data de inscrição : 24/05/2012
Idade : 43
Localização : São José dos Pinhais/PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica A importância dos astrodesenhos.

Mensagem  Bruno em Qua 30 Jan 2013, 12:42

starman escreveu:
Beer e Mädller, que fizeram um dos mapas lunares mais completos visualmente até hoje utilizando um refrator com 95mm de abertura, e isso em fins de 1890.
Foi isso mesmo starman, apesar de Fontana e Huygens terem apresentado os primeiros esboços de configurações escuras na superfície de marte, foram Beer e Mädller quem além de desenharem o primeiro mapa desse planeta durante a sua oposição periélica em fins de 1890, eles também desenharam o primeiro mapa lunar completo. Foi utilizado para esse feito um refrator acromático Fraunhofer com 95mm de abertura e 1425mm de dist. focal, com um motor de relojoaria para compensar o movimento de rotação da terra e devidamente instalado debaixo de uma cúpula de 3,70m. Para tanto se valiam da tradicional prancheta e lápis nas mãos e os olhos ora na ocular, ora no desenho. Façam uma tentativa sem um motor de acompanhamento e vejam que não é tarefa fácil ter de movimentar o telescópio, observar e desenhar ao mesmo tempo. Por isso eu dou um valor imenso para os astrodesenhos e respeito muito os astrônomos que traçaram mapas minuciosos de maneira visual. Inclusive, durante a oposição de marte em 1909 E. M. Antoniadi usando visualmente o refrator Meudon de 830mm fez um mapa desenhado tão detalhado de marte, que no início das missões MARINER a NASA utilizou esse mapa de Antoniadi como referância antes de enviarem essas sondas em direção ao planeta vermelho.

Bruno
Moderador
avatar
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 55

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica desenhando

Mensagem  ajc em Qua 30 Jan 2013, 19:34

Durva escreveu:
Fiz um esboço da observação visual, peço desculpas pelo desenho, pois não é meu forte. rs...
Abraço.

Pessoal, temos um desenhista aqui no AF. Muitos observadores tem grandes aberturas e não fazem sequer um esboço. Parabéns Durva, fez a diferença.
avatar
ajc
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 500
Data de inscrição : 09/11/2011
Idade : 50
Localização : Belo Horizonte / MG

http://astronomiaemusica.no.comunidades.net/index.php

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Dando os primeiros passos na observação do céu.

Mensagem  Durva em Qua 30 Jan 2013, 20:18

Valeu ajc, o intuito do esboço era o de confirmar a observação, pois não tinha certeza que o setentinha era capaz de me mostrar o que eu estava vendo.
avatar
Durva
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 744
Data de inscrição : 24/05/2012
Idade : 43
Localização : São José dos Pinhais/PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Dando os primeiros passos na observação do céu.

Mensagem  Durva em Qua 30 Jan 2013, 20:59

Vou falar com o Israel e providenciar esse filtro DN 25%. Acho que esse será o acessório definitivo para terminar de equipar o setentinha.

Quanto a chuva, sei bem qual é o seu sentimento!

Abraço.
avatar
Durva
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 744
Data de inscrição : 24/05/2012
Idade : 43
Localização : São José dos Pinhais/PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica DN 25% + setentinha.

Mensagem  Bruno em Qua 30 Jan 2013, 21:23

O sentimento é doído Durva, quanto ao filtro DN 25% tenho certeza de que o Israel já providenciou e em breve ele já estará disponível no Site dele. E quando você estiver de posse desse filtro DN 25% verá então a coloração violeta no limbo da lua desaparecer diante dos seus olhos imediatamente, e com essa redução no brilho e não na abertura total livre em 25%, o céu de fundo com isso fica mais escuro próximo ao terminador e do limbo lunares, provocando contrastes excelentes como se ele tivesse um F superior a 10, só vendo mesmo. O efeito é imediato, uma maneira perfeita de reduzir o brilho excessivo ou o mesmo que "diafragmar" a objetiva, só que sem haver uma redução na abertura total livre do setentinha. Uma redução da luz "na medida" para a lua e no disco de jupiter, eu diria perfeita mesmo. Quando a estabilidade atmosférica está ajudando, com uma boa ocular de 4mm ou uma de 8mm + barlow 2x proporcionando 175x de aumentos, o desfile dos detalhes mais finos das áreas mais sombrias e longínquas na lua ficam difíceis de descreverem de tão impressionantes que são os panoramas que se fazem visíveis no campo do setentinha. Com a ocular de 8mm associada com esse filtro DN 25% a lua irá aparecer mais como uma bola de gêsso esculpida a flutuar no negro do espaço. O atrevimento desses setentinhas não tem limites.
E por causa do mau tempo o meu continua aqui doido pra voar, mas na hora em que der uma trégua e com a atmosfera lavada dos aerossóis e estabilizada na Troposfera ele vai cortar o espaço e como sempre irá trazer jupiter diante dos olhos, e com indiscutível nitidez mostrará os detalhes mais evidentes com perfeição e apenas 87.5x de aumentos mais esse filtro. Já imaginaram se tivesse caído nas mãos de Galileu um setentinha desses, aonde estaria a astronomia hoje?

Bruno
Moderador


Última edição por Bruno em Qua 30 Jan 2013, 21:33, editado 1 vez(es)
avatar
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 55

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Dando os primeiros passos na observação do céu.

Mensagem  Durva em Qua 30 Jan 2013, 21:31

Não vejo a hora de poder experimentar esse filtro.
avatar
Durva
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 744
Data de inscrição : 24/05/2012
Idade : 43
Localização : São José dos Pinhais/PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Diagonais 90 de Prisma e Dielétricas!!

Mensagem  Simon31 em Qui 31 Jan 2013, 22:46

Acabaram de chegar no Armazém do Telescópio Diagonais GSO de 90 e dielétricas!

Também chegaram Redutores de Coma, Oculares Superview de 30mm e 42mm 2", etc.


Falei com o Leandro sobre os dobs de 10" e 12" sem GoTo e ele disse que só chegarão quando os estoques desses novos dobs acabarem. Provavelmente só lá em meados de Julho.
avatar
Simon31
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 70
Data de inscrição : 22/12/2012
Idade : 36
Localização : Barra de Guabiraba PE

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Problemas mecânicos no Vixen 70mm

Mensagem  Simon31 em Qui 31 Jan 2013, 22:56

Perdi uma pecinha no Vixen que está dificultando um pouco minhas observações.

Não sei qual o tipo da peça, mas é tipo um anelzinho de pressão que fixa o parafuso da vertical. Quando eu levanto o tubo na vertical, o parafuso dá uma descida e o cima/baixo não funciona mais, tendo que fazer os movimentos finos no eixo principal.

Desmontei tudo e levei essa parte em várias casas de parafusos, mas ninguém tinha ou sabia qual seria esta peça. Tentei alguns paliativos como veda rosca para tentar prender o parafuso no buraquinho, mas o peso do tubo quando inclina sempre faz o parafuso sair do lugar. Alguma ideia para resolver este problema?
avatar
Simon31
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 70
Data de inscrição : 22/12/2012
Idade : 36
Localização : Barra de Guabiraba PE

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Dando os primeiros passos na observação do céu.

Mensagem  Bruno em Sex 01 Fev 2013, 05:28

O uso de uma "arruela" não poderia ajudar? Caso contrário tem como você tirar algumas fotos para nos mostrar melhor?

Bruno
Moderador
avatar
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 55

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica DN 25% + observação lunar.

Mensagem  Bruno em Seg 04 Fev 2013, 09:12

Só para deixar registrado, aproveitando a observação de jupiter que fiz tentando extrair o máximo do uso de filtros, eu aproveitei para testar mais uma vez o filtro DN 25%, e apesar desse filtro ajudar na observação de jupiter quando as imagens estão brilhantes, é na observação lunar que ele revela a sua maior utilidade, pois as imagens ficam excepcionais com esse filtro, e ele associado com uma ocular de 10mm (70x) no Vixen produz imagens belíssimas, com a lua parecendo mesmo uma bola de gêsso esculpida a flutuar no espaço. E o que mais ajuda é principalmente o escurecimento do céu de fundo, facilitando assim a observação dos detalhes das montanhas no limbo e dos acidentes no terminador, sem deixar de mencionar as diferenças de tonalidades observadas entre os mares lunares que ficam com os contrastes formidávelmente evidenciados.

Bruno
Moderador
avatar
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 55

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Dando os primeiros passos na observação do céu.

Mensagem  Durva em Seg 04 Fev 2013, 11:27

Li seu relato sobre Júpiter e estou ancioso para poder testar esse filtro DN25%, nele e na Lua.

Abraço.
avatar
Durva
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 744
Data de inscrição : 24/05/2012
Idade : 43
Localização : São José dos Pinhais/PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Observação com o DN 255.

Mensagem  Bruno em Seg 04 Fev 2013, 20:41

Olá Durva, aqui na zona rural numa noite bem escura e estando as condições atmosféricas boas, na observação visual de jupiter o DN 25% realça o negro do céu de fundo contra as zonas claras de jupiter, além de efetivamente deixar as suas faixas mais escurecidas, entretanto pelo fato dos planetas apresentarem cores a diminuição na intensidade delas para 25% irá diminuir também a percepção e o grau de visualização dos tons mais sutis. O mesmo não irá ocorrer com a lua pois esse DN 25% provoca de imediato um controle total do seu natural brilho excesivo, desaparecendo com o violeta no limbo quando associado com aumentos compatíveis com a abertura do instrumento. Isso torna bastante confortável a visualização dos incontáveis acidentes na observação visual lunar. Com um refrator de 70mm F/10 as imagens serão imbatíveis quando se utilizar o DN 25% com:
- 70x (oc. 10mm)
- 87.5x (oc. 8mm)
- 116x (oc. 6mm)
Só por curiosidade se fosse com um 90mm F/10 seria:
- 90x (oc. 10mm)
- 138x (oc. 6.5mm)
- 150x (oc. 6mm)

Bruno
Moderador
avatar
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 55

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Dando os primeiros passos na observação do céu.

Mensagem  Durva em Seg 04 Fev 2013, 21:38

Quero ver o que esse filtro pode fazer nos 105x de aumento em Júpiter!
avatar
Durva
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 744
Data de inscrição : 24/05/2012
Idade : 43
Localização : São José dos Pinhais/PR

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Barlow + DN 25%.

Mensagem  Bruno em Seg 04 Fev 2013, 22:28

Na observação visual de jupiter ao associar esse filtro DN 25% com uma barlow 2x poderão haver problemas, pois mais um elemento e um aumento maior trazem juntos naturalmente uma diminuição da luz que somados aos 25% do filtro podem diminuir ainda mais essa porcentagem, e isso será bastante prejudicial na observação visual planetária. Evite utilizar a barlow com o coeficiente 2x para observar visualmente jupiter utilizando oculares de até 10mm de distância focal, no máximo utilize uma ocular de 10mm + barlow de 2x rosqueada na ocular (1.5x) e que vai te proporcionar 105x. Deixe por exemplo para utilizar a barlow 2x com oculares de distâncias focais acima de 15mm (15mm+barlow/2x = 93x no Vixen), na minha opinião o melhor aumento e imagem de jupiter no setentinha por mim obtido até agora.

Bruno
Moderador
avatar
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 55

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 19 de 23 Anterior  1 ... 11 ... 18, 19, 20, 21, 22, 23  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum