Binóculos: Primeira observação

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

spica Binóculos: Primeira observação

Mensagem  RodrigoValentim em Sab 27 Fev 2016, 07:37

Bom dia pessoal,

Antes de comprar um binóculos fiquei curioso em saber exatamente qual seria o retorno e como seria a observação e a diferença para o olho nu. A ideia aqui é fazer um relato mais simples e detalhado possível para pessoas nessa situação, que só conhecem o olho nu como instrumento de observação, entenderem melhor o que podem esperar desse primeiro equipamento.


Essa semana chegou meu Expanse 10x50 long eye-relief, assim que o vi a primeira coisa foi tentar usar, mas o céu estava totalmente coberto por nuvens de cor amarronzada, não faço a menor ideia do motivo delas estarem nessa cor, talvez por eu morar em Santos-SP (apesar que a poluição aqui é baixa para uma cidade grande) e tudo que consegui foi as ver um pouco mais claras e próximas, frustrante demais para um "test-drive".

Durante alguns dias viajei e me foi impossível tentar usar novamente, até que ontem finalmente tive a oportunidade, mas lá estavam as "mesmas" nuvens novamente, com a diferença que ao menos dessa vez era possível ver a luz da Lua através delas e havia espaço de céu limpo entre uma e outra, então fui para meu segundo "test-drive".

Como já estava indo dormir, só queria mesmo era matar a curiosidade, então da janela do apartamente tentei achar alguma coisa, já que a Lua estava eclipsada por um prédio e só via parte de sua luz, mas nada dela em si. Com muito cuidado a olho nu achei uma estrela (ou planeta) quase impossível de se ver, precisei de uns 3 minutos de observação para confirmar que havia algo lá, então peguei o binóculos e para minha surpresa consegui ver de forma nítida e clara, primeira sensação foi:


  • O zoom de 10x foi decepcionante, a ampliação é tão baixa que fiquei chateado por ser apenas ligeiramente maior do que ver ao olho nu
  • A riqueza da iluminação me deixou impressionado, apesar do zoom me deixar decepcionado, a sensação foi equilibrada com a riqueza maior de detalhes gerada pela iluminação extra
  • Compreendi o motivo de recomendarem tripé para zoom superior a 10x, mesmo trabalhando como freelance em filmagens e sendo fotógrafo profissional, manter a estabilidade foi algo tão difícil que parecia mais um tipo novo de vaga lume (totalmente bebado) do que um corpo celeste que eu observava, de tanto que os movimentos ligeiramente pequenos que eu fazia para poder visualizar (estava numa posição de extrema dificuldade devido o limite do prédio e o espaço que eu tinha na janela) refletiam na observação.


Insatisfeito com essa primeira experiência, fui para o outro lado do apartamento, tentar de outra janela. Meu apartamente é tão pequeno que pensei: "Vai ser perda de tempo, mas ao menos vou dormir sabendo que tentei".

Ao olhar primeiramente sem o binóculos vi somente um pequeno espaço entre as nuvens e ainda assim sem nenhum corpo celeste nele, então pensei: "Com certeza tem algum corpo celeste naquela direção, quem sabe esse zoom ridículo serve para alguma coisa".

Assim que comecei a usar o binóculos fiquei impressionado no mesmo instante, mesmo com ele, no local realmente era impossível de ver algo, contudo dezenas ou centenas de corpos celestes que estavam atrás das nuvens ficaram nítidos e claros, ganhando uma beleza ainda maior com a moldura marrom das nuvens. Somente nesse instante minha sensação de ter jogado dinheiro fora começou a ser de ter feito um bom investimento inicial.

Percebi também que a regulagem é algo mais complexo do que parece, pois enquanto alguns corpos estavam com boa nitidez, para obervar outros precisei regular novamente o foco e com isso só via alguns com boa nitidez por vez. Felizmente com a posição mais confortável me foi possível estabilizar bem o binóculos e a observação foi muito gratificante.

Resumindo
Tamanho dos corpos: Quase nada melhora de forma significativa, é um pouco decepcionante saber que um binóculos 10x50 deixa a desejar nesse quesito, para isso é realmente necessário um telescópio.
Clareza dos corpos: É impressionante como o corpo de mais debil iluminação se apresenta com boa nitidez e clareza, com isso se há um ganho extra e significativo na quantidade de corpos que se é possível observar, me fazendo entender o quão importante é o 50 na descrição 10x50.
Estabilidade: O zoom de 10x é provavelmente o limite para qualquer observador, independente da experiência que possua em filmagens e fotografias, pois o peso do binóculos somado com o zoom de 10x dificulta observações mais demoradas, fiquei apenas 5 minutos e já comecei a ficar ligeiramente desconfortável com o peso, sem contar que uma posição de pouco conforto dificulta extremamente a estabilidade

Retorno Negativo: Decepcionante para quem gostaria de ver ricos detalhes de cada corpo, a ideia de se ver algo como nas fotos encontradas na internet é impossível com esse equipamento, para isso provavelmente é necessário um bom telescópio.
Retorno Positivo: Excelente para um primeiro contato, sinto que algo "melhor" (mais zoom) seria um carro esporte para quem nunca dirigiu, vale a pena começar por um binóculos para pegar experiência, a sensação (ao menos inicial) é como voltar ao tempo de criança num parque de diversões.

RodrigoValentim
Curioso
Curioso

Mensagens : 5
Data de inscrição : 29/01/2016
Localização : Santos-SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Binóculos: Primeira observação

Mensagem  Jonas J em Sab 27 Fev 2016, 11:14

RodrigoValentim escreveu: a ideia de se ver algo como nas fotos encontradas na internet é impossível com esse equipamento, para isso provavelmente é necessário um bom telescópio.

Dependendo das fotos que se refere, nem com um bom telescópio.
Só esse adendo porque talvez a expectativa esteja equivocada. Registros fotográficos são resultados de um processo distinto em relação a observação direta.

Mas continue fazendo suas experiências.
Aparentemente você ficou um pouco a deriva no espaço. Uma sugestão, tente localizar as Plêiades por exemplo, é um bom alvo inicial. Busque informações sobre a constelação de Touro e tente localiza-la a partir dela. É um aglomerado aberto para se ter como alvo mesmo em pequenas ampliações ou a olho desarmado quando há boa visibilidade.
A Via Láctea também é uma região mais rica em aglomerados.
avatar
Jonas J
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 319
Data de inscrição : 22/11/2015
Localização : São Paulo

http://www.astrobin.com/users/JonasJ/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum