Relato de não observação.

Ir em baixo

spica Relato de não observação.

Mensagem  Jonas J em Seg 08 Fev 2016, 13:25

08.02.2016
Localização: São Paulo - Zona Sul
Instrumento: Refrator acromático skywatcher D: 90mm F/10
Oculares: 25mm (35x), Barlow (70x), 10mm (90x)
Condições: desfavorável com muitas nuvens e PL.

02h30 - Observando a Constelação de Virgem, em um região acima das estrelas Spica e Porrima, formando um triângulo, consigo localizar um asterismo muito peculiar de três pontos alinhados, incluindo as estrelas HIP 61656 e HIP 61654, lado a lado, mais outras duas estrelas a frente. Esse asterismo aponta para a galáxia do sombrero.
Seguindo, chego a uma formação de 4 ou 5 estrelas que formam como que um lado de um quadrado, onde M104 (galáxia do sombrero) está localizada, sendo um de seus cantos.
Localizo as estrelas, porém no ponto onde deveria estar a galáxia, não encontro nada, nem ao menos o núcleo com aparência estrelar. Troco as oculares testanto a barlow e a 10mm mas sem sucesso.

05h00 - Reinicio, procurando Messier 5, um aglomerado do tipo globular.
Não posso dizer que o vi, mas posso dizer com convicção que o encontrei.
Quase da mesma forma que no objeto anterior, praticamente não posso dizer que o vi, mas posso dizer que o encontrei.
Com a ocular de 25mm, um pequeno e muito leve borrão circular, algo como uma mancha de dedo que persiste na lente, ao lado de outra estrela bastante destacada (HIP 74975).

Enfim, ao menos para mim essas observações foram conclusivas.
Estava me corroendo a dúvida se não estava conseguindo localizar alguns tipos de objetos.
Se terei melhores oportunidades em outras noites, se precisarei me deslocar, não sei.
Por ora é isso.



avatar
Jonas J
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 319
Data de inscrição : 22/11/2015
Localização : São Paulo

http://www.astrobin.com/users/JonasJ/

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Relato de não observação.

Mensagem  Jonas J em Ter 09 Fev 2016, 13:21



Conclusão: Pelo que tenho apurado, com base no histórico de alvos que tenho buscado, telescópios que são informados com alcance de magnitude de 12, em regiões com poluição luminosa como São Paulo, caem para um limite em torno de 6,5.
avatar
Jonas J
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 319
Data de inscrição : 22/11/2015
Localização : São Paulo

http://www.astrobin.com/users/JonasJ/

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Relato de não observação.

Mensagem  deco27x em Ter 09 Fev 2016, 14:37

A magnitude limite calculada em função da abertura é referente a estrelas, ou seja objetos pontuais, não objetos extensos.

A magnitude limite teórica também não leva em conta a poluição luminosa e o seeing.

Na observação de estrelas é possível usar um aumento mais forte a fim de minimizar os efeitos da PL (desde que o seeing permita).

Na observação de DSOs, que são objetos extensos o raciocínio é diferente. Estes objetos são mais afetados pela PL. Uns mais e uns menos a depender do tipo

Os DSOs, que ao meu ver são menos afetados são os aglomerados abertos e algumas nebulosas com alto brilho de superfície. Pois no caso destes, usar uma magnificação mais alta ajuda a escurecer o céu, sem afetar muito o objeto, que tem alto brilho de superfície e suporta maiores ampliações sem ficar escuro.

No caso de aglomerados globulares e nebulosas, estes são mais afetados, embora no caso de grandes telescópios os globulares podem ser resolvidos em estrelas e o uso de maiores aumentos pode ser útil, mas no caso de pequenos telescópios eles não podem ser resolvidos e este artifício não ajuda tanto. No caos de nebulosas, cada caso é um caso. Há nebulosas que emitem fortemente no OIII ou no H beta e o uso de um filtro UHC ou OIII pode ajudar bastante, mas há nebulosas que não se encaixam neste perfil e não há muito o que fazer quando há PL.

No caso de galáxias....bem, estes são os objetos mais afetados. Não há filtro que ajude. Apena ir para um lugar com menos PL ajuda.
Estando uma cidade grande tudo o que se pode fazer é tentar evitar luzes parasitas e encontrar o aumento que proporcione o melhor contraste para o seu telescópio.
avatar
deco27x
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 930
Data de inscrição : 19/05/2012
Localização : Salvador - Ba

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Relato de não observação.

Mensagem  CiceroS em Ter 09 Fev 2016, 16:04

Grande "resumão", Deco, super esclarecedor.

Infelizmente, essa faixa do firmamento de leste a norte está inacessível pra mim, mas acompanhando virtualmente a sua "não observação", Jonas, me deu uma baita vontade de visitar os Messiers 3, 5 13, porque... Pô, até agora nada de globulares?

O M5 (NGC 5904), que você apenas encontrou sem conseguir visualizá-lo, consta como 5.7 de magnitude aparente, e como esses dias reclamei do M93, com 6.2, talvez o limite pro meu tele, de repente...

Aliás, deixa eu aproveitar, Deco, já que você falou de filtros pra DSOs: antes de se pensar em filtros especializados (UHC e OIII), não seria mais interessante investir num desses nebula broadband contra a inevitável alta poluição luminosa?

avatar
CiceroS
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 94
Data de inscrição : 10/01/2016
Idade : 52
Localização : São Paulo - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Relato de não observação.

Mensagem  Jonas J em Ter 09 Fev 2016, 17:41

CiceroS escreveu:
O M5 (NGC 5904), que você apenas encontrou sem conseguir visualizá-lo, consta como 5.7 de magnitude aparente, e como esses dias reclamei do M93, com 6.2, talvez o limite pro meu tele, de repente...

Aglomerados abertos tenho observado sem dificuldades, o problema tem sido os aglomerados globulares.
Só uma observação. O Stellarium indica magnitude 6.65 para o M5.


avatar
Jonas J
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 319
Data de inscrição : 22/11/2015
Localização : São Paulo

http://www.astrobin.com/users/JonasJ/

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Relato de não observação.

Mensagem  CiceroS em Ter 09 Fev 2016, 18:04

Putz, você tem razão, Jonas, no Stellarium pra PC está como 6.65, mas... Mas no Stellarium móbile, 5.80! E aquele valor 5.7 eu tirei do SkySafari. Na verdade eu arredondei, nesse app o valor exato é 5.65.

Afinal, em quem confiar? Afinal(2), "quem" fornece esses dados? rs.
avatar
CiceroS
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 94
Data de inscrição : 10/01/2016
Idade : 52
Localização : São Paulo - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Relato de não observação.

Mensagem  deco27x em Ter 09 Fev 2016, 22:46

No stellarium do meu computador consta que a magnitude aparente do M5 é 5,8. No cartes du ciel, consta magnitude 5,7 então acho que tem algo estranho com o banco de dados do stellarium do colega.

Mas, veja bem, quando observamos num lugar com muita poluição luminosa, além da magnitude aparente, o brilho de superfície é muito importante para determinar se o objeto é observável ou não com uma dada abertura.

A maioria dos globulares mais brilhantes tem brilho de superfície em torno de mag 11 ou 12, que ainda permite uma boa observação (dentro da limitação de cada telescópio) daqui de Salvador, mesmo com uma abertura modesta como um 114mm. Aí em São Paulo é um pouco pior, talvez por isto a frustração...


Aliás, deixa eu aproveitar, Deco, já que você falou de filtros pra DSOs: antes de se pensar em filtros especializados (UHC e OIII), não seria mais interessante investir num desses nebula broadband contra a inevitável alta poluição luminosa?

Num telescópio menor que 200mm eu não recomendo um OIII. É um filtro fantástico em algumas nebulosas, mas muito escuro para a maioria, mesmo num telescópio de 200mm.

O filtro UHC tem aplicação mais geral e eficiente na maioria das nebulosas, especialmente em telescópios menores que 200mm. Eu nunca usei um filtro de banda larga, mas tenho curiosidade.

Meu raciocínio é o seguinte:

O ideal é ter os 3. Um OIII, um UHC e um Sky Glow. Assim atende à maioria dos tipos de nebulosas para uso visual.

Normalmente não dá pra ter os três, ou o investimento não compensa. Afinal não faz muito sentido gastar mais em filtros que no próprio telescópio para uso visual.

Se é pra ter um filtro só, recomendo o UHC, pois na maioria das nebulosas ele funciona melhor que os outros dois.


LEMBRANDO:

Filtros não fazem milagres. Eles melhoram um pouco o contraste às custas de escurecer e tonalizar a imagem.

Quanto mais restritivo o filtro, mais ele aumenta o contraste e escurece a nebulosa. Por isso o OIII tem uso bem mais restrito. Ele escurece tanto a nebulosa que sem uma ótima adaptação da visão e treinamento fica difícil tirar proveito dele, mesmo com uma abertura razoável. Pretendo fazer testes com meu OIII num mak 90 pra ver se é viável....(suspeito que não).

O filtro broadband vai escurecer menos o objeto do que o filtro UHC, mas vai reforçar menos o contraste. Não posso falar mais que isto até testar um filtro destes....
avatar
deco27x
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 930
Data de inscrição : 19/05/2012
Localização : Salvador - Ba

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Relato de não observação.

Mensagem  Jonas J em Qua 10 Fev 2016, 17:14

deco27x escreveu:No stellarium do meu computador consta que a magnitude aparente do M5 é 5,8. No cartes du ciel, consta magnitude 5,7 então acho que tem algo estranho com o banco de dados do stellarium do colega.

De qual colega? Já foram citados tantos valores de tantos aplicativos que nem sei mais.
Meu stellarium foi instalado há bem pouco tempo. Não faria sentido o banco de dados estar desatualizado.
Apenas por curiosidade consultei no wikipedia (que não é referencia conclusiva para nada mas aponta para outra fonte) que também informa M5 com magnitude 6.65. (banco de dados SIMBAD Astronomical)
Só citando a titulo de curiosidade, não muda a questão original. Um abc.
avatar
Jonas J
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 319
Data de inscrição : 22/11/2015
Localização : São Paulo

http://www.astrobin.com/users/JonasJ/

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Relato de não observação.

Mensagem  CiceroS em Qua 10 Fev 2016, 18:46

Ah, o SIMBAD... Acho que você matou a charada, Jonas. Que o Stellarium (o desktop, não o móbile) parece que faz uso desse banco de dados. Eu não sei interpretar aquilo lá de fluxes:

http://simbad.u-strasbg.fr/simbad/sim-id?Ident=NGC+5904&NbIdent=1&Radius=2&Radius.unit=arcmin&submit=submit+id

Mas o caso é que o SkySafari se utiliza de outro catálogo:

http://physwww.physics.mcmaster.ca/%7Eharris/mwgc.dat
avatar
CiceroS
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 94
Data de inscrição : 10/01/2016
Idade : 52
Localização : São Paulo - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Observação - Alvos: Nuvens e Aglomerados estelares.

Mensagem  Jonas J em Sab 09 Abr 2016, 03:33

Alvos: Nuvens estelares; Aglomerados; Nebulosas.
Oculares: 25mm (35x) apenas.
Condições: Média visibilidade e umidade, estabilizando e melhorando ao decorrer. Sem nuvens.

Depois de alguns dias dedicando algumas horas em experimentações iniciais na astrofotografia, decidi que era momento de me presentear com uma noite de observação novamente, simplesmente e tão somente observação.

Observação pela região da Constelação de Sagitário:

- Iniciando em Messier 24 - Nuvem estelar de Sagitário - no braço da Via Láctea. Adicionando algumas informações do wikipedia aqui para ilustrar melhor: "Nuvem Estelar é um grupo de estrelas que aparentam estar na mesma posição no céu, mas não são como um verdadeiro Aglomerado estelar, pois as estrelas residem em regiões diferentes.
A Nuvem Estelar de Sagitário é uma nuvem estelar situada na constelação de Sagitário, com aproximadamente 600 anos-luz de diâmetro."

- Em seguida passando por M23, outro belo aglomerado para se observar facilmente com pequenas aberturas, aglomerado estelar aberto, com estrelas de aparência mais 'delicadas' que o alvo anterior, magnitude em torno de 5.6.

- Passando para Messier 22, um aglomerado agora do tipo globular. Alvo localizado e identificado porém sem definição da região nuclear.

- Messier 8 - Nebulosa da Lagoa - magnitude 6 - Aglomerado estelar facilmente observado com boa definição, e percepção de nuances características de nebulosa, que deixam a impressão de haver algo mais neste algo para ser explorado em melhores condições ou com equipamento superior, mas ainda assim já maravilhado com as características e beleza desta nebulosa.
avatar
Jonas J
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 319
Data de inscrição : 22/11/2015
Localização : São Paulo

http://www.astrobin.com/users/JonasJ/

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Relato de não observação.

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum