Valorizando a observação visual

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

spica Valorizando a observação visual

Mensagem  ajc em Qua 15 Jan 2014, 16:10

Quando analisamos algumas fotografias da Lua, Júpiter ou Marte, nos colocamos diante de algumas questões que acabam por questionar se a astrofotografia pode realmente substituir a observação visual. Chamei isso de LIMITAÇÕES EM ASTROFOTOGRAFIA LUNAR E PLANETÁRIA. Vamos a elas:

A - Falta de um padrão na imagem:
Quando um mesmo astrofotógrafo registra o mesmo objeto com o mesmo equipamento, acontece, com frequência, que a qualidade das fotos não é a mesma. E não por motivos atmosféricos ou meteorológicos, mas por “escolhas” que priorizam mais o caráter estético da imagem do que o científico. Eis os subitens:

1 - A quantidade de frames, no caso de empilhamento, não é a mesma;

2 – o uso de filtros, pré e pós edição, não é o mesmo;

3 – o ajuste de contraste, nitidez e brilho não é o mesmo;

Isso torna muitas fotos questionáveis do ponto de vista científico pois a prioridade acaba sendo pela “beleza” da foto e não pelo que ela agrega de informação. Ovais em Júpiter podem parecer menores ou maiores e tons estranhos em Marte podem ser “corrigidos” com filtros, maquiando a informação. Isso diminui a intenção científica da foto. E sua suposta precisão.

No caso de Marte, por exemplo, o brilho da imagem é maior quando se tem menos partes escuras aparentes e isso muda a edição, o empilhamento e tudo mais. O olhar do astrofotógrafo, pelo critério estético, influencia o resultado final, prejudicando a interpretação científica. As fotos ficam realmente bonitas mas do ponto de vista da ciência essa maquiagem se torna perigosa se pensarmos que a ciência vem da observação dos fatos, da realidade nua e crua dos fatos. Seria interessante que os astrofotógrafos percebessem a “beleza” de um registro científico, mais que estético. Um dos fatores para o reconhecimento do trabalho fotográfico lunar do Observatório Lunar Vaz Tolentino é por fazer todas as fotos de uma mesma forma, pensando que uma boa foto da Lua é aquela que nos diz algo, cientificamente. E foram 18 LPODs conquistados em apenas 4 anos (2010-2013). Isso deve ter ficado bem evidenciado na participação do Observatório na edição do ENAST em Brasília em novembro de 2013.

B – A baixa produção:

1 – pelo “peso” dos equipamentos:

Operar equipamentos para astrofotografia requer alto investimento e uma dificuldade operacional que reflete a baixa frequência das fotos. São montagens grandes em lugares grandes. Poucas pessoas vão ter essa estrutura física associada ao tempo necessário para fazer as fotos.

2 – pela edição:

Não bastam as fotos. Elas tem de ser processadas por programas especializados para um melhor ajuste. São ferramentas para empilhamento, corte, contraste, cor, brilho, sombreamento, saturação, nitidez e por aí vai segundo as habilidades de edição de imagem de cada pessoa. Isso tudo demanda tempo, cada vez mais escasso nos dias de hoje.

Fotografia e realidade

Uma imagem em CCD pode não ser real. Quando tiramos uma foto com uma câmera digital muitas vezes percebemos que alguns tons não são fieis. Isso ocorre porque a luz captada não é a mesma que percebemos. Influenciadas pela qualidade do sensor, abertura da lente e pela resolução em pixels, as cores não correspondem ao que estamos vendo. E são os nossos olhos que, em última análise, vão atestar ou não o valor do que foi fotografado. No último eclipse lunar tentei de muitas formas registrar o avermelhado da Lua durante o evento. Não consegui. A minha câmera não entendeu aquilo. As máquinas tem muita dificuldade em interpretar imagens. É o olho humano quem calibra as fotos e os equipamentos. As “melhores” fotos da M42 não mostram as 4 estrelas do trapézio, ou seja, não mostram o que realmente vemos. A expectativa estética da imagem torna o invisível “melhor” do que o visível. Tornar uma foto algo real depende da visão humana. E isso traz limitações para a astrofotografia quando não vemos diretamente o que fotografamos. Então, perigosamente, editamos e alteramos com critérios pessoais, onde o valor estético ganha uma dimensão além do científico. Fica difícil aceitar isso no âmbito da ciência.

Da observação visual:

Quando se faz uma observação visual lunar ou planetária tudo é muito mais rápido e prático e, por que não, com um jeito mais próximo de se fazer ciência quando pensamos a ciência como observação direta da realidade e dos fatos. Um pequeno refrator, com boa correção cromática, de 90mm ou um refletor com boa óptica, de 114mm, já se mostram muito uteis em observações detalhadas e que não ultrapassam os 30 minutos por sessão. Quando em Oposição podemos fazer até três sessões de observação visual planetária por noite, por muito mais pessoas. Pode se fazer um monitoramento muito mais completo do que acontece em outros mundos. Registros visuais de TLPs lunares mostram as muitas limitações da astrofotografia. Fazer várias sessões fotográficas, em diferentes momentos, em uma mesma noite, é algo muito raro em fotografias planetárias pelo peso que elas se tornaram.

Um astrônomo consciente, com critérios bem ancorados, com uma vista já treinada e com bons conhecimentos do que se está vendo, poderá fazer boas descrições, e até desenhos, em suas sessões de observação planetária, com muito mais frequência do que um astrofotógrafo e sem maquiar imagens por critérios que não sejam científicos.

O olho e a mente humana, com equipamentos adequados, podem fazer a diferença: qualitativa e quantitativamente. Disso não se deve ter dúvida.
avatar
ajc
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 500
Data de inscrição : 09/11/2011
Idade : 49
Localização : Belo Horizonte / MG

http://astronomiaemusica.no.comunidades.net/index.php

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Valorizando a observação visual

Mensagem  ALEXANDRE YUHASZ em Ter 21 Jan 2014, 14:07

ajc, boa tarde!

Mas você recomenda o uso de filtro O-III e UHC para observação o visual, eu que moro em região do abc paulista, mais perto da serra, meu azimute sul é mais escuro, já o norte, bem a velha e conhecida mancha de mercúrio.

abs,
avatar
ALEXANDRE YUHASZ
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 158
Data de inscrição : 10/01/2014
Idade : 41
Localização : SBCampo, abc paulista

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica poluição

Mensagem  ajc em Ter 21 Jan 2014, 20:50

É, a poluição de Sampa não é fácil. Que alvos vc pretende observar?
avatar
ajc
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 500
Data de inscrição : 09/11/2011
Idade : 49
Localização : Belo Horizonte / MG

http://astronomiaemusica.no.comunidades.net/index.php

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Valorizando a observação visual

Mensagem  starman em Ter 21 Jan 2014, 20:59

ajc escreveu:

Registros visuais de TLPs lunares mostram as muitas limitações da astrofotografia. Fazer várias sessões fotográficas, em diferentes momentos, em uma mesma noite, é algo muito raro em fotografias planetárias pelo peso que elas se tornaram.

Um astrônomo consciente, com critérios bem ancorados, com uma vista já treinada e com bons conhecimentos do que se está vendo, poderá fazer boas descrições, e até desenhos, em suas sessões de observação planetária, com muito mais frequência do que um astrofotógrafo e sem maquiar imagens por critérios que não sejam científicos.
   


Boa noite.

Muito útil a observação de que maior é o numero de TLPs lunares registrados visualmente do que através da fotografia.
A prática dos astrodesenhos também nunca deve ser abandonada, por que ela pode retratar mais fielmente o que observamos através de uma ocular do que olhando a mesma imagem numa fotografia.

starman
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 131
Data de inscrição : 28/01/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Valorizando a observação visual

Mensagem  ALEXANDRE YUHASZ em Ter 21 Jan 2014, 22:12

ajc escreveu:É, a poluição de Sampa não é fácil. Que alvos vc pretende observar?

Bom, tenho um planisfério que baixei da federal do rio grande do sul e após o freesoon de ver os planetas, já que agora a noção de equador, AR, DEC está sendo conceituada, pretendo achar a famosa M42, me corriga se estiver enganado ORION, é isso!!??
avatar
ALEXANDRE YUHASZ
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 158
Data de inscrição : 10/01/2014
Idade : 41
Localização : SBCampo, abc paulista

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica AJUDA NO APRENDIZADO EMPÍRICO DA ASTRONOMIA - FUGIR DAS FACILIDADES

Mensagem  ALEXANDRE YUHASZ em Sex 24 Jan 2014, 08:16

Gente, bom dia!

Após algumas pesquisas e estudos das coordenadas, horizontais e equatoriais, algumas dúvidas e sugestões:

Se o polo sul celeste na minha latitude 23,26S está inclinado, por dedução o equador celeste acompanhando a inclinação do eixo também deve estar inclinado certo?! Poderia eu então imaginar uma linha passando próximo ao zênite com inclinação igual ao eixo, sentido norte?! por que da ai só de olhar para o céu, já de posse das declinações pretendidas identifico rápido a posição?! Se alguém puder me corrigir ou me confirmar?

Se acima estiver correto, poderia eu então fazer ou comprar um Astrolábio e um inclinometro para acoplar ao telescópio para apontar e fazer referências aos astros, para ver se realmente estou "lendo o céu corretamente"

Gostaria muito de usar a internet para conferir se minhas observações posicionais conferem com o apresentado na internet

Vi uma demo do stellarium, bem legal, mas para mim acho muito "comodo", pois o prazer de exercer o conhecimento de astronomia em usar um telescópio e identificar sem ajuda de um programa é o recompensador, dai, depois com bastante pratica e conceito, o programa aceleraria o setup do seeing e ganhar tempo para outras analises dos astros.

Estaria certo na minha visão?!?

Grato,

Bom ceu a todos!, pq o chuvarada, desde o meu tele chegado, só o pude usar 02 vezes!!!!!! Porém tenho mais usado o meu binóculo 20x50 sumax bak4 porro!

abs,
avatar
ALEXANDRE YUHASZ
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 158
Data de inscrição : 10/01/2014
Idade : 41
Localização : SBCampo, abc paulista

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Valorizando a observação visual

Mensagem  Bruno em Sex 24 Jan 2014, 10:52

ALEXANDRE YUHASZ escreveu:1-Se o polo sul celeste na minha latitude 23,26S está inclinado, por dedução o equador celeste acompanhando a inclinação do eixo também deve estar inclinado certo?!
2-Poderia eu então imaginar uma linha passando próximo ao zênite com inclinação igual ao eixo, sentido norte?! por que da ai só de olhar para o céu, já de posse das declinações pretendidas identifico rápido a posição?!
3-Se acima estiver correto, poderia eu então fazer ou comprar um Astrolábio e um inclinometro para acoplar ao telescópio para apontar e fazer referências aos astros, para ver se realmente estou "lendo o céu corretamente"
4-Vi uma demo do stellarium, bem legal, mas para mim acho muito "comodo", pois o prazer de exercer o conhecimento de astronomia em usar um telescópio e identificar sem ajuda de um programa é o recompensador, dai, depois com bastante pratica e conceito, o programa aceleraria o setup do seeing e ganhar tempo para outras analises dos astros.
Estaria certo na minha visão?!?
5-pq a chuvarada, desde o meu tele chegado,desde o meu tele chegado, só o pude usar 02 vezes!!!!!!
6-Porém tenho mais usado o meu binóculo 20x50 sumax bak4 porro!
1-Certo.
2-Sim, para nós no hemisfério sul estará mais inclinado para o norte já que o polo sul celeste está acima do horizonte e o polo norte celeste abaixo dele.
3-Interessante, entretanto você teria de alinhar o astrolábio com o telescópio assim como fazemos com a luneta de pontaria ou buscadora. Dessa forma vão coincidir e ficarem centralizadas as visualizações tanto do instrumento quanto do astrolábio.
4-Certíssimo, as tecnologias e softwares nos ajudam muito em locais com muita poluição luminosa que dificulta a observação dos astros com a magnitude mais elevada, porém corremos o risco de ficarmos "viciados" e nos tornarmos dependentes delas. Já fui com colegas  realizar observações de campo com instrumentos computadorizados, e diante de uma pane no equipamento eles ficavam perdidos na hora de encontrar os alvos visualmente. O ideal é aprimorar tanto o reconhecimento visual quanto o uso dessas tecnologias.
5-É a famosa "maldição" do telescópio novo!
6-Jamais abandone o binóculo, ele sempre será um poderoso auxílio.
Bruno
Moderador
avatar
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 55

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Valorizando a observação visual

Mensagem  ALEXANDRE YUHASZ em Sex 24 Jan 2014, 11:05

Bruno, mais uma vez muito obrigado, estou contente em saber que estou no caminho certo das ponderações!

Me formei em economia, porém a certos tipo de cálculos que pela lei do "desuso" nos atrofiam o raciocínio e nesses meses tenho me matado para resgatar conceitos trigonométricos, optica, mas legal o hábito, ficar toda hora indo lá fora ver se está limpo, posição, bem empírico.

Agradeço muito ajuda, vou procurar um inclonometro!!! o Astrolábio achei um na net, porque esse negocio de ficar usando as mãos me apronta cada uma......me chamam de louco as vezes......rsrsrs!!!

Com relação ao binóculo, foi ele mesmo que me empurrou para o céu mais além!!!! parceirinho de andar agora no carro, chegou o crepúsculo já vou caçando estrela para saber se estou certo, depois vo la na internet para confirmar, é assim que tenho feito, tem ajudado muito!!!!

Vlw pelas dicas agora vou aumentar as praticas!!!!!

Grato,

avatar
ALEXANDRE YUHASZ
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 158
Data de inscrição : 10/01/2014
Idade : 41
Localização : SBCampo, abc paulista

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Valorizando a observação visual

Mensagem  Henrique em Sab 25 Jan 2014, 12:00

É isso ai. Devemos sempre valorizar a velha e boa obsevação visual.(a melhor no meu ver)

Henrique
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 71
Data de inscrição : 17/10/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica FILTROS

Mensagem  ajc em Sab 25 Jan 2014, 14:35

ALEXANDRE YUHASZ escreveu:ajc, boa tarde!

Mas você recomenda o uso de filtro O-III e UHC para observação o visual, eu que moro em região do abc paulista, mais perto da serra, meu azimute sul é mais escuro, já o norte, bem a velha e conhecida mancha de mercúrio.

abs,

Olá, se o alvo é a M42 use filtros sim. Eles vão melhorar o contraste e realçar as estrelas. No caso da M42 tente localizar o trapezio.
avatar
ajc
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 500
Data de inscrição : 09/11/2011
Idade : 49
Localização : Belo Horizonte / MG

http://astronomiaemusica.no.comunidades.net/index.php

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Valorizando a observação visual

Mensagem  ALEXANDRE YUHASZ em Ter 28 Jan 2014, 15:58

Ontem ao usar o binóculo 20 x 50 sumax porro, mais um planisfério pude perceber as 3 marias, abaixo formando um trapézio uma estrela acho que magnitude 3, a esquerda e outra magnitude 2 a direita, e acima das três marias outro trapézio mais disforme, uma estrela a esquerda e outra a direita, um formato de ampulheta, e notei uma manchinha branca com 03 estrelas dentro, isso era por volta das 22 horas aquie de sbcampo que segundo o bruno me corrigindo...kkkkk...to aprendendo o UTC SERIA 00:00 UTC.
O percebi no planisfério é que uma parte do trapézio está no hemisfério norte e outra parte que indica a M42 no hemisfério sul, ai dói o pescoço...kkk! Agora será que achei a tal M42 essa nuvenzinha branca, um pouquinho azulada?!?!?!?, por que se for EHHHHHHHHHHH, se não continuo tentando!

Ahhh, com esse filhtro OIII a cor da nebulosa muda, ou só realmente com foto?!?!?!?
abs,
avatar
ALEXANDRE YUHASZ
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 158
Data de inscrição : 10/01/2014
Idade : 41
Localização : SBCampo, abc paulista

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Valorizando a observação visual

Mensagem  ALEXANDRE YUHASZ em Ter 28 Jan 2014, 16:02

ALEXANDRE YUHASZ escreveu:Ontem ao usar o binóculo 20 x 50 sumax porro, mais um planisfério pude perceber as 3 marias, abaixo formando um trapézio uma estrela acho que magnitude 3(acho que rigel), a esquerda e outra magnitude 2 a direita(sirius?!?!?!), e acima das três marias outro trapézio mais disforme, uma estrela a esquerda e outra a direita, um formato de ampulheta, e notei uma manchinha branca com 03 estrelas dentro, isso era por volta das 22 horas aquie de sbcampo que segundo o bruno me corrigindo...kkkkk...to aprendendo o UTC SERIA 00:00 UTC.
O percebi no planisfério é que uma parte do trapézio está no hemisfério norte e outra parte que indica a M42 no hemisfério sul, ai dói o pescoço...kkk! Agora será que achei a tal M42 essa nuvenzinha branca, um pouquinho azulada?!?!?!?, por que se for EHHHHHHHHHHH, se não continuo tentando!

Ahhh, com esse filhtro OIII a cor da nebulosa muda, ou só realmente com foto?!?!?!?
abs,
avatar
ALEXANDRE YUHASZ
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 158
Data de inscrição : 10/01/2014
Idade : 41
Localização : SBCampo, abc paulista

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Valorizando a observação visual

Mensagem  ALEXANDRE YUHASZ em Ter 28 Jan 2014, 16:09

3-Se acima estiver correto, poderia eu então fazer ou comprar um Astrolábio e um inclinometro para acoplar ao telescópio para apontar e fazer referências aos astros, para ver se realmente estou "lendo o céu corretamente"
..........complementando, comprei um Inclinometro, ferramenta que o pessoal de parabólica usa para alinhar a antena com satélite, vem com um imã, que juntando ao corpo do tubo, bom na linha do suporte de piggyback me dará exatamente a inclinação do astro visto no tele!!!!! e só paguei 42,00 reais...........já na bussola para tirar o azimute e chatinho pq tenho que ficar traçando uma linha até o meu horizonte para apurar a direção do astro............!!! mas to indo, agora acho que se eu inclinar o aparelho no mesmo grau de inclinação do equador em relação ao polo acredito que poderei ter uma noção no meu céu do condomínio onde fica o equador!?
O que acha?!?!? é uma boa?!?!
avatar
ALEXANDRE YUHASZ
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 158
Data de inscrição : 10/01/2014
Idade : 41
Localização : SBCampo, abc paulista

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Valorizando a observação visual

Mensagem  Bruno em Ter 28 Jan 2014, 16:17

É uma experiência bastante original essa sua e pode sim te dar uma leitura do sistema de coordenadas bastante precisa. Nos  mantendo informados sobre o experimento.
Bruno
Moderador
avatar
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 55

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Valorizando a observação visual

Mensagem  ALEXANDRE YUHASZ em Ter 28 Jan 2014, 16:44

Obrigado Bruno por sua atenção e paciência!!! Eu acredito que pelo menos para um iniciante a empirismo de "caçar na unha" as coordenadas do astro de forma horizontal e também equatorial ajuda a ter uma noção e assentamento do conceito coordenadas na cabeça de nós iniciantes, longe de mim desmerecer os adeptos dos programas, notes, ipads da vida, mas como vc mesmo disse, acabou a bateria, deu pane na net, como fazemos e outra, o conjunto de objetos a ser levado a campo já demasiado, e ainda ter que se preocupar com configurações e acessos de programas, pelo menos pra mim no momento é complicado. Agora aonde eu posso conferir os meus números apurados, porque eu vou ACHAR que as coordenadas são estas, agora, tem algum lugar que posso jogar as informações do astro lat e long do local e hora para checar meus apontamentos?!?!?! O Stellarium faz isso, posiciona o astro conforme hora e local que eu gostaria dever o astro?!?!?! Por que eu tenho recorrido para planetas ao astronews.com.br e ao zênite.nu?sãobernardodocampo, ali só da o nascer, ocaso e seus respectivos azimutes, mas durante o transito não consigo!!!

grato,
avatar
ALEXANDRE YUHASZ
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 158
Data de inscrição : 10/01/2014
Idade : 41
Localização : SBCampo, abc paulista

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Valorizando a observação visual

Mensagem  Bruno em Ter 28 Jan 2014, 18:18

ALEXANDRE YUHASZ escreveu: O Stellarium faz isso, posiciona o astro conforme hora e local que eu gostaria dever o astro?!?!?! Por que eu tenho recorrido para planetas ao astronews.com.br e ao zênite.nu?sãobernardodocampo, ali só da o nascer, ocaso e seus respectivos azimutes, mas durante o transito não consigo!!!
Confira os softwares nos links a seguir:
http://zeca.astronomos.com.br/astronomia/download.htm

http://www.softonic.com.br/s/latitude-longitude:symbian
Bruno
Moderador
avatar
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 55

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Valorizando a observação visual

Mensagem  Bruno em Ter 28 Jan 2014, 18:25

Segue no link uma relação completa dos softwares de astronomia: http://www.microsofttranslator.com/bv.aspx?from=en&to=pt&a=http%3A%2F%2Fwww.physics.sfasu.edu%2Fastro%2Fsoftware.html
Bruno
Moderador
avatar
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 55

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Valorizando a observação visual

Mensagem  ALEXANDRE YUHASZ em Qua 29 Jan 2014, 06:05

ajc escreveu:
ALEXANDRE YUHASZ escreveu:ajc, boa tarde!

Mas você recomenda o uso de filtro O-III e UHC para observação o visual, eu que moro em região do abc paulista, mais perto da serra, meu azimute sul é mais escuro, já o norte, bem a velha e conhecida mancha de mercúrio.

abs,

Olá, se o alvo é a M42 use filtros sim. Eles vão melhorar o contraste e realçar as estrelas. No caso da M42 tente localizar o trapezio.

Realmente, deitei no chão do estacionamento do prédio, relaxado , de planisfério, e bem lá na altura do zênite, por volta de ontem as 23:00 UTC 01:00, vi o trapézio, Rige, Betelguese, as três marias (cinturão de Orion, ainda não gravei os nomes das estrelas), bem acima das estrela do meio do cinturão, em linha, na cabeça um par de estrelas, logo abaixo parecia 2 ou 3, porém com essa "fumacinha meio branca azulada" e tudo isso com um bincolu 20x50, não vejo a hora de apontar com sky90 para melhor detalhamento, porém para um iniciante é a primeira em espaço profundo acertada, breve mais relatos com dados!!! Comprei um caderninho pequeno de mão que fica junto com a mala do tele, pq tenho que montar e desmontar para usar o tele, e cada observação anote nele, e essa da M42 fiz até um desenho da posição!!! Vlw pelas dicas, abs,

avatar
ALEXANDRE YUHASZ
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 158
Data de inscrição : 10/01/2014
Idade : 41
Localização : SBCampo, abc paulista

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica O ALVO ALCANÇADO A M42 NEBULOSA DE ORION!!!

Mensagem  ALEXANDRE YUHASZ em Qua 29 Jan 2014, 23:48

29/01/2014 AS 23:00 01:00 UTC
SISTEMA HORIZONTAL 360º NORDESTE (NA BUSSOLA 340, PORÉM SOMEI A DECL.MAG 20,53 PARA MINHA LATITUDE DE -23º 41'38", LONGITUDE 46º33'54" ALTURA 65º NORTE(precisão da altura usando um INCLINOMETRO enconstando-o ao corpo do tubo!!!

Após uns dois meses pesquisando, se interando, escolhendo o melhor possivel a baixo custo para iniciante, motivado pela curiosidade mas também pelo conhecimento além do infinito, hoje eu obtive como poderia dizer o climax dessa fase, encontrar uma NEBULOSA, ainda que famosa....e com a oportunidade de dividir o feito com a esposa, mãe, filho....pois bem:

Lá estava lá, acima do cinturão de orion 93 de mariascomo todos dizem, que aos meus olhos perceptivel umas 03 estrelas ao centro em forma de cunha no tele, com oculares de 25 mm, 10mm, 6mm e orto de 5mm (limite maximo do tele). e emanando em volta uma nevoa, gases, num tom acinzentado, puxando para um verde bem escuro acho eu é essa sensação, agora estou ansionso para os filtros para ter uma ideia dos contrastes possiveis, com filtros OIII,e UHC..!!!

Espéro poder com o tempo refinar a qualidade dos relatos, que por enquanto estão com empolgação mas sempre se preocupando com os fatores cientificos, sem perder a admiração de ver o "que tem lá em cima"

Pena que acho que com a maquina digital compacata não conseguirei tirar foto mas quem sabe!!! Vou te

Abs, já muito tarde, amanha ainda é dia de BRANCO!!!!
avatar
ALEXANDRE YUHASZ
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 158
Data de inscrição : 10/01/2014
Idade : 41
Localização : SBCampo, abc paulista

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica outro trapezio

Mensagem  ajc em Qui 30 Jan 2014, 10:44

Ok Alexandre, vou te dar uma dica interesssante: sabia que existe um outro trapezio em ORION? Aponte seu tele 90mm para a M42 e verá 4 estrelas bem juntinhas formando um mini trapezio. É um alvo classico em observação visual. Tente e depois relate aqui, ok?
avatar
ajc
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 500
Data de inscrição : 09/11/2011
Idade : 49
Localização : Belo Horizonte / MG

http://astronomiaemusica.no.comunidades.net/index.php

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Valorizando a observação visual

Mensagem  ALEXANDRE YUHASZ em Qui 30 Jan 2014, 14:18

Ok, ajc, vou praticar!!!! Obrigado pela atenção, mas então o que vc achou da ideia do inclinometro, ferramenta dos operadores de instalação de parabólicas, como acessório barato para iniciante, de forma bem empírica, como forma de tirar a altura do astro?!?. É equipamento barato, que se bem alinhado com o tele da numa noção inclusive das inclinações do equador e da eclíptica. Não o medidor de inclinação digital, muito caro, mas analógico.

Blz, obrigado pelas dicas, e se o tempo deixar, pois logo logo vem os chuvões, a noite até que fica fresco, mas a turbulência ventos, umidade, o seeing fica bem prejudicado, já notei que tempo seco, sem umidade a partir das 22 a 23 horas nessa altura de 50 a 60º, o seeing fica melhor, ainda sim a PL ainda é o problema.

P.S., minha esposa fala que to ficando bitolado no assunto e que preciso dormir, porque os últimos fds, minha nossa dormir as 4:30 as 5:30, passar a noite é claro, num é mole não heim!!!!!

abs,
avatar
ALEXANDRE YUHASZ
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 158
Data de inscrição : 10/01/2014
Idade : 41
Localização : SBCampo, abc paulista

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica no celular

Mensagem  ajc em Sab 01 Fev 2014, 09:41

ALEXANDRE YUHASZ escreveu: mas então o que vc achou da ideia do inclinometro, ferramenta dos operadores de instalação de parabólicas, como acessório barato para iniciante, de forma bem empírica, como forma de tirar a altura do astro?!?. É equipamento barato, que se bem alinhado com o tele da numa noção inclusive das inclinações do equador e da eclíptica. Não o medidor de inclinação digital, muito caro, mas analógico.


Moço, alguns celulares já vem com GPS e inclinometro inclusos. Basta baixar o google sky map e apontar para o céu.
avatar
ajc
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 500
Data de inscrição : 09/11/2011
Idade : 49
Localização : Belo Horizonte / MG

http://astronomiaemusica.no.comunidades.net/index.php

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum