Morte estelar

Ir em baixo

spica Morte estelar

Mensagem  Bruno em Sex 23 Mar 2012, 22:05

É impressionante o fato de saber-mos da existência de um buraco negro estelar através de manifestações na região próxima a ele. Mais precisamente essa região se encontra no que é chamado horizonte de eventos. É através da emissão de radiação na frequência do rádio e do raio X oriundos do material acelerado ao ser sugado do espaço ou de um corpo celeste vizinho que detectamos um buraco negro dessa natureza, e esse material sugado é inexorávelmente arrastado para dentro dele por causa da morte de uma estrela que ao invés de lançar o seu material no espaço desmoronou sobre sí mesma, criando assim um abismo de proporções cósmicas. Será através da matemática mais do que da imaginação que chegaremos ao que acontece lá dentro? Ou nenhuma das duas serão o suficiente? Afinal lá de dentro não recebemos informação alguma.
avatar
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 56

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Morte estelar

Mensagem  Xevious em Qua 28 Mar 2012, 12:56

Bruno escreveu:Afinal lá de dentro não recebemos informação alguma. [/justify]
E talvez nunca recebamos, nem nenhuma civilização avançada com um milhão de anos de tecnologia consiga receber estas informações.
Mas.. podemos simular.. e em certo ponto nossos aceleradores de partículas estão indo de encontro a estas simulações..

Claro ainda estamos muito longe, seria como que agora estivessemos descobrindo a roda e precisaríamos chegar a tecnologia das fórmulas 1 ainda..

Mas creio que atravéz de simulações práticas, possamos chegar a conclusões definitivas sobre isso..

Uma descoberta recente pode útil neste caso.
Descobriram como conter anti-partículas através de magnetismo, conseguiram como que engarrafar a anti-matéria..
Poderíamos talvez utilizar uma técnica semelhante para criar microscópicos buraquinhos negros, e então analiza-los..

Xevious
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 272
Data de inscrição : 31/10/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Morte estelar

Mensagem  Bruno em Qua 28 Mar 2012, 20:57

É aí que entra o alcance da matemática, podendo trazer a imaginação e até o que vai além dela para o nosso plano de realidade. Já uma representação exata do que ocorre dentro de um buraco negro poderia até ser simulada, o problema que vejo é que as nossas leis da Física aqui não servem lá.
avatar
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 56

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Morte estelar

Mensagem  Xevious em Qui 05 Abr 2012, 13:19

Bruno escreveu:o problema que vejo é que as nossas leis da Física aqui não servem lá.
Discordo
acho que costumamos a nos assombrar com o assunto "buraco negro"
e criamos mitos sobre ele, e então passamos a acreditar nesses mitos
ao meu ver, ele não é tão assombroso assim, pelo menos em termos de entendimento

Xevious
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 272
Data de inscrição : 31/10/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Morte estelar

Mensagem  Bruno em Sab 07 Abr 2012, 17:37

Discordo, não de forma pessoal e nem especulando, mas de forma a fazer prevalecer o debate.
Esta pode parecer uma postagem off-topic, mas como as estrelas morrem e o título do tópico trata da questão da morte estelar, ou seja, da morte dela, não creio precisar-mos ir tão longe quanto ao interior de um buraco negro para duvidar-mos se algum cientista, por mais ilustre que seja nos dará um pequeno vislumbre sobre o que acontece após a morte se fazer presente a qualquer elemento que se constitui no universo. Em absoluto não sabemos de certeza científica ou matemática alguma sobre o que acontece após uma morte, além do que os nossos sentidos e tecnologias podem detectar pois eles são limitados. Pode algum super-computador simular o além? Será possível encerrar em uma única fórmula unificada todas as faces do universo?
Por acaso posso ver a luz de uma estrela através dos olhos de uma outra pessoa?
avatar
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 56

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Morte estelar

Mensagem  Xevious em Sex 13 Abr 2012, 12:52

Bruno escreveu:Será possível encerrar em uma única fórmula unificada todas as faces do universo?
Eu acho que sim

Mas essa "formula mágina" explicaria só o funcionamento das menores sub-partículas.
Estas agrupadas e misturdas com outras, suas derivadas iriam tornar o resultado expoencialmente mais complexo.

Xevious
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 272
Data de inscrição : 31/10/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Morte estelar

Mensagem  Bruno em Sex 13 Abr 2012, 15:47

Olá Xevious, no caso eu quiz dizer acerca de uma teoria que unificasse os micros e macros eventos no universo. Acreditam os cientistas que o domínio do submundo quântico teria como a mais sutil manifestação as flutuações quânticas.
Agora vejo uma contradição: a Comunidade Científica Internacional considera que não existe vácuo absoluto e sim um estado mínimo de energia, também chamado de estado fundamental. Debaixo desse estado existem pares de partículas virtuais interagindo entre sí com a energia positiva de uma partícula virtual anulando a energia negativa da outra e vice e versa, dando origem então a um "vácuo quântico". Se logo atrás se afirma que não existe vácuo absoluto, esse vácuo relativo ou quântico está por acaso dissociado das derivadas exponenciais mais complexas que culminam na representação física da matéria?
avatar
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 56

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Morte estelar

Mensagem  Xevious em Qua 18 Abr 2012, 13:09

Bruno escreveu:esse vácuo relativo ou quântico está por acaso dissociado das derivadas exponenciais mais complexas que culminam na representação física da matéria?
Aí que ta, existem várias teorias e elas ainda não foram unificadas
mas noutro tópico foi falado do Éter, ele caberia aqui também

afinal considerando a existência dele, o vácuo absuluto não existiria
e também haveria condições da criação dos pares de partícula x anti-partículas

e também como meio de preenchimento do espaço, explicaria a comunicações quanticas e até a atração gravitacional a distância

Xevious
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 272
Data de inscrição : 31/10/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Morte estelar

Mensagem  Bruno em Sab 28 Abr 2012, 22:03

Segundo a Física Quântica nem mesmo o vácuo quântico está completamente vazio, mas seria o estado mais baixo de energia. E qual seria o estado mais baixo de matéria? Seria então uma questão de apenas contrariar o princípio da incerteza de Heisemberg para encontrár-mos o vácuo absoluto? Embora a velocidade instantânea seja um mito, o que ocorre além dos níveis mais baixos da matéria e da energia e além das flutuações quânticas, ainda não seriam o suficiente nem para destruir a idéia do éter e nem para corroborá-la. As velocidades acima da luz podem ser simplesmente um estado natural decorrente de uma instabilidade no campo, e por isso não são uma constante, e velocidades superluminais requerem um caminho infinitamente aberto como um ponteiro de um velocímetro que já começa a girar à velocidade da luz. Para Einstein, o éter existia, mas seria o próprio espaço-tempo. No entanto esse éter nem seria estático nem teria movimento, pois se o movimento é um deslocamento no espaço ao longo do tempo, o próprio espaço-tempo não poderia se deslocar em si mesmo.
Vejo então que em teoria a saída para esse problema é a de que a velocidade instantânea seja naturalmente necessária, pois dessa forma o espaço-tempo poderá se deslocar em sí mesmo já que estará em todo momento e lugar ao mesmo tempo.
avatar
Bruno
Membro Expert
Membro Expert

Mensagens : 6521
Data de inscrição : 29/10/2011
Idade : 56

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Morte estelar

Mensagem  Xevious em Ter 01 Maio 2012, 01:03

Bruno escreveu:Seria então uma questão de apenas contrariar o princípio da incerteza de Heisemberg para encontrár-mos o vácuo absoluto?
Só para constar, o princípio da incerteza de Heisemberg já foi contrariado.

Já foi encontrada a informação da posição e velocidade do eletron ao mesmo tempo.

Xevious
Astronomo Amador
Astronomo Amador

Mensagens : 272
Data de inscrição : 31/10/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

spica Re: Morte estelar

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum